fbpx

Sinagências é contrário à nota informativa do MPOG que dispõe sobre os pré-requisitos

Sinagências reitera nota de repúdio da Asantaq
16 de março de 2017
RESOLUÇÃO Nº 13, DE 20 DE MARÇO DE 2017
20 de março de 2017

No início deste mês, o Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação Sinagências enviou ofício para o Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão (MPOG) questionando o entendimento do órgão divulgado em nota informativa, sobre os pré-requisitos, para promoção de carreira dos servidores efetivos das Agências Reguladoras.

Para o Sindicato, o entendimento do MPOG em não considerar a titulação de pós-graduação anterior ao ingresso do cargo é um absurdo e configura desprestígio à formação do servidor que entra na administração federal e também àqueles que possuem pós- graduação e já estão em efetivo trabalho há algum tempo.

“Os nossos servidores são tão qualificados que já se capacitaram anteriormente e isso não pode ser simplesmente descartado. A capacitação para quem é qualificado é um processo contínuo e independe do ingresso no cargo”, analisa o secretário geral, Alexnaldo Queiroz

Para o Sinagências, argumentação do órgão, de que os cursos de pós-graduação devem servir após o ingresso no cargo e que a partir desta premissa é que os respectivos cursos deverão ser considerados para fins de progressão de carreira é pífio e tem a intenção implícita de enxugar gastos da máquina pública de forma momentânea, uma vez que as Agências terão que arcar com estas capacitações.

Até o presente momento, o Sinagências não obteve nenhum posicionamento sobre ofício enviado ao MPOG. O Sindicato estuda na presente data judicializar a questão.  

Nota informativa do MPOG 
Ofício do Sinagências 

Diretoria Executiva Nacional 

 

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp chat