fbpx

ANA publicou o Relatório de Segurança de Barragens de 2021 com linguagem simples e temática

Ceder servidor para o cargo de Coordenação ANP
13 de dezembro de 2021
Anatel cria número exclusivo para telemarketing
14 de dezembro de 2021

Na última segunda-feira (06/12), a Agência Nacional das Águas (ANA) divulgou o Relatório de Segurança de Barragens (RSB), um panorama que apresenta a evolução da segurança das barragens brasileiras, denotando a melhoria da gestão da segurança. Este ano, a Agência trouxe uma linguagem mais simples, acessível e temática sobre a segurança das barragens.

O Relatório de Segurança de Barragens é elaborado anualmente sob a coordenação da ANA com base em informações enviadas pelas 33 entidades fiscalizadoras de segurança de barragens de todo o país. Além disso, o documento aponta algumas diretrizes para a atuação de fiscalizadores e empreendedores deste tipo de estrutura, oferecendo insumos para a promoção de ações preventivas e corretivas junto aos envolvidos.

No relatório, são apresentadas ações implementadas pela Agência responsável, tendo como finalidade melhorar as condições de segurança das barragens brasileiras. A ANA envia o RSB ao Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH) para que o Conselho teça suas considerações. Em seguida, o CNRH enviará o relatório para o Congresso Nacional.

O RSB foi dividido em três capítulos. O primeiro se propõe a responder a seguinte pergunta: Como a segurança de barragens influencia a vida das pessoas? Nessa seção, a ANA explica conceitos básicos sobre o tema. O segundo capítulo busca responder: Como nosso país se organizou para cuidar da segurança de barragens? Nesse sentido, a publicação esclarece didaticamente quem fiscaliza a segurança de barragens no Brasil, como a fiscalização é realizada, quais critérios são observados, entre outros temas. No terceiro capítulo, são explicados aspectos mais específicos sobre o funcionamento das barragens e suas estruturas, além dos diferentes tipos de barramentos.

Acompanhe aqui o Relatório de Segurança de Barragens – Versão Síntese

Fonte: ascom/Sinagências

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp chat