fbpx

ANATEL AUMENTA A QUANTIDADE DE VAGAS OFERECIDAS PARA O CONCURSO QUE DEVE SAIR ATÉ MAIO

CARTA AOS PARLAMENTARES
31 de março de 2006
GREVE NA ANVISA AFETA NEGÓCIOS EM RP
31 de março de 2006
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) foi autorizada a realizar concurso público com 132 vagas a mais do que a empresa havia anunciado. A Portaria que redefine a quantidade de cargos (de 261 para 393) foi autorizada pelo Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG). De acordo com o Departamento de Recursos Humanos da Anatel, o edital do certame deve ser publicado em maio.
 
Amanhã (dia 31), a empresa que terá a responsabilidade de planejar e executar o concurso será escolhida. Apesar de ainda não haver definição, a Escola Superior de Administração Fazendária (ESAF) é a mais cotada para realizar a seleção. As vagas definidas para a agência são para especialistas em regulação de serviços públicos de telecomunicações (226). Anteriormente, o cargo receberia 169 vagas. Os aprovados serão empossados em duas etapas: 130 este ano e mais 96 em 2007.
 
O número de vagas oferecidas para analistas administrativos (92) permanece o mesmo. Cinqüenta candidatos serão nomeados em 2006 e 42 no ano que vem. A novidade é a criação de cargos de técnico em regulação em serviços públicos de telecomunicações (nível médio). A Anatel oferece 75 postos para esta função. Todas serão preenchidas este ano.
 
Os salários iniciais são de R$ 3.487,99 para os especialistas e de R$ 2.906,66 para os analistas. O vencimento para os técnicos não foi informado pela Anatel. No último dia 21, a empresa deu posse a 150 candidatos de nível superior, aprovados no concurso de 2004. Na ocasião, foram abertas 362 vagas. Em fevereiro, cerca de 200 profissionais de nível médio iniciaram o exercício de suas funções na Agência.
 

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato