fbpx

ANAC CRIA ÓRGÃO EM SALVADOR PARA FISCALIZAR BA, SE E AL

BERNARDO AUTORIZA CONVOCAÇÃO DE 146 NOVOS SERVIDORES PARA ANATEL
15 de janeiro de 2007
Estágio Probatório dos servidores da Anvisa é de 24 meses
1 de fevereiro de 2007
30/01/2007 – 16:57
As atividades de aviação nos estados da Bahia, Sergipe e Alagoas vão contar com novo órgão de fiscalização e regulação. É o que informa a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), que determinou, ontem, a criação da oitava Gerência Regional (GER), com sede em Salvador (BA). O objetivo, segundo a Anac, é fortalecer o elo entre a agência e a comunidade aeronáutica da região e "aperfeiçoar os serviços de interesse público nessas localidades".
 
Anteriormente, Bahia, Sergipe e Alagoas dividiam os cuidados da segunda Gerência Regional da Anac com outros quatro estados. Agora, com a GER Salvador, de acordo com a Anac, será possível dinamizar as inspeções periódicas nas aeronaves que circulam nos parques aéreos dos três estados, além de ampliar a capacidade de avaliação técnica dos serviços prestados pelos aeroportos."As GERs são fundamentais para que possamos agilizar a solução de eventuais problemas operacionais", destaca o diretor presidente da ANAC, Milton Zuanazzi.
 
O gerenciamento das demais unidades da federação estão atualmente distribuídos assim: Pará, Maranhão, e Amapá, sob o comando da GER 1. Os estados do Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Paraíba integram a GER 2. Os estados do Rio, Espírito Santo e Minas Gerais participam da GER 3. A quarta gerência é responsável apenas por São Paulo. Os três estados do Sul estão a cargo da GER 5. Já Distrito Federal, Goiás, Tocantins, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul são gerenciados pela sexta unidade. Por fim, os parques aéreos do Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima fazem parte da GER 7.
 
Fonte: A Tarde On Line / Agência Estado

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato