“A escuta amorosa no enfrentamento à depressão e o suporte familiar ao doente” será tema de live com neuropsicóloga

PROJETO ARCA – Em reunião do Fonacate com a SGP-ME, o Sinagências voltou a questionar sobre regulamentação das carreiras típicas de Estado
8 de julho de 2020
Desafios da Regulação Moderna: Crise e Oportunidades
14 de julho de 2020

SINAGÊNCIAS CONTRA A DEPRESSÃO –  “A escuta amorosa no enfrentamento à depressão e o suporte familiar ao doente” será tema de live com neuropsicóloga

O Sinagências realiza nesta sexta-feira (10/07), a partir das 17 horas, dentro das ações da Campanha Sinagências contra a depressão, mais uma live que irá tratar sobre a “A escuta amorosa no enfrentamento à depressão e o suporte familiar ao doente”.  

Nossa convidada desta live será é a neuropsicóloga, Dra. Juliana Gebrim  com experiência de 20 anos em psicoterapia, sendo metade destes anos atuando em ambulatório e hospital-dia psiquiátrico (CAAP-VIDA), com experiência em atendimento a pacientes em depressão e seus familiares.

Ano passado, o IBOPE divulgou uma pesquisa com este tema e segundo os resultados;   63% das pessoas entre 25 e 34 anos teriam vergonha de admitir um quadro depressivo à sua família.  Do total, 39% dos adolescentes pesquisados ainda afirmaram que, caso recebessem diagnóstico de depressão, também não revelariam a familiares.

A escuta é um instrumento de ajuda muito importante e no cotidiano da família que possui um doente com depressão, a escuta precisa ser exercitada com muita paciência e amor, na tentativa de ajudar esse familiar a ter forças para superar esse mal. O entendimento entre o lugar de fala do doente depressivo e o lugar de escuta do familiar precisa ser trabalhado frequentemente e sem tabus.

Desde que a campanha Sinagências contra a depressão iniciou em maio, debates sobre “a depressão e seus sintomas”;  com o médico psiquiatra médico psiquiatra, Jorge Rizk; também sobre “a rede de atendimento humanizado do Corpo de Bombeiros e do Samu no enfrentamento à depressão”, com sargento do Corpo de Bombeiros militar do Distrito Federal, Fabio Ometto Dias e  a subcoordenadora do Núcleo de Saúde Mental do SAMU, no Distrito Federal, Renata Kaiser  e a “A importância de perceber quem está próximo na prevenção e enfrentamento à depressão”, com a voluntária da rede do Centro de Valorização à Vida (CVV), Adriana Rizzo  foram realizados.

Todas as lives estão disponíveis em nosso Youtube e na nossa fanpage oficiais.

Por fim, se você que lê este material passa por algum sofrimento psicológico ou conhece alguém nesta situação, assista e/ou indique esta live para esta pessoa. Também é importante buscar um acompanhamento profissional com pessoas habilitadas para uma escuta terapêutica e há também sempre alguém disposto a ouvi-lo (a) por meio do número 188 (Centro de Valorização da Vida).

Sobre a convidada: Primeira psicóloga clínica e neuropsicóloga no Brasil a fazer uma teoria usada em clínica, e patenteada em 5 esferas, Equilíbrio Emocional, especializada em Psicologia Clínica pela Universidade de Brasília (UnB), especialista em Rorschach, na linha humanista (UnB-Fernando Rey).Trabalhou por dois anos com Luiz Pasquali (LABPAM-UnB). Neuropsicóloga pelo Instituto de Psicologia Aplicada e Formação de Portugal (IPAF). Possui, experiência de 20 anos em psicoterapia, sendo 10 anos atuando em ambulatório e hospital-dia psiquiátrico (CAAP-VIDA).

Também é terapeuta em EMDR (do inglês, Eye Movement Desensitization and Reprocessing) com certificado internacional pelo Institute EMDRIA e EMDR Ibero-Americano-Francine Shapiro (EUA), terapeuta especialista em Brainspotting com David Grand (CA-EUA), psicóloga perita (UnB-CEFTRU), psicóloga especialista em Play of Life com Carlos Raimundo (Austrália, terapeuta especialista em Barras de Access Conciousness com Jeffrey L. Fannin. Especialista em Thetahealing com Leonardo Codignoli (Brasília), em PMK (Psicodiagnóstico Miocinético).

 

PARTICIPE!
AGENDA:
O QUE: “A escuta amorosa no enfrentamento à depressão e o suporte familiar  ao doente”.
QUANDO: 10/07/2020 (sexta-feira)
HORÁRIO : 17 horas
ONDE:  Youtube : https://www.youtube.com/sinagencias   e Facebook https://www.facebook.com/sinagencias1

 

Fonte: Ascom/Sinagências

 

 

Os comentários estão encerrados.