fbpx

SINDICATO GARANTE ATENDIMENTO À POPULAÇÃO

CENTRO DA INDÚSTRIA DO ESTADO DO AMAZONAS RECONHECE A JUSTEZA DAS REIVINDICAÇÕES DOS SERVIDORES EM GREVE
20 de abril de 2006
GREVE NAS AGÊNCIAS REGULADORAS REPERCUTE NO LEGISLATIVO DO PIAUÍ
24 de abril de 2006
O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Reguladoras Federais (Sinagências) garantiu que a saúde pública da população não será prejudicada pela greve. Estão sendo montadas comissões dos servidores em greve, em vários Estados, para se verificar in loco o risco da falta de medicamentos.
 
Se for constatada a ausência de produtos importantes para a saúde pública, os fiscais irão agilizar a liberação, conforme garantiu o presidente do Sinagências, João Maria Medeiros.
 
Até agora, segundo a Anvisa, a Justiça já emitiu 450 mandados de segurança obrigando a liberação de algumas cargas específicas, mas, ainda assim, o trabalho está lento. Pelo menos até a próxima segunda-feira, quando haverá assembléia geral em Brasília, a greve continua.
 
Também estão paralisados cerca de 80 funcionários do setor de analista administrativo, como economistas. A greve atinge ainda outras agências (ANP, ANTT e Anatel). A principal reivindicação, conforme o presidente do sindicato, é a isonomia salarial.
 
“Um engenheiro da Anatel, por exemplo, que passou em concurso recente, ganha R$ 5.600, enquanto os que estão na empresa há muitos anos e vão treinar os novos ganham R$ 2.100. Isso acontece em todas as agências”, disse João Maria.
 
Fonte: Jornal O Tempo

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato