fbpx

SINAGÊNCIAS traça estratégia sobre a equiparação da ANM

Agosto Dourado: conscientização e incentivo ao aleitamento materno
1 de agosto de 2021
REG.BR – Plataforma auxiliará na realização de análise de impacto regulatório (AIR)
3 de agosto de 2021

SINAGÊNCIAS traça estratégia sobre a equiparação da ANM

O presidente do Sinagências, Cleber Ferreira, o secretário-geral, Alex Sandré de Moura, e o diretor financeiro, Wagner Dias, realizaram agenda virtual na tarde desta quinta-feira (29/07) com os membros da Associação dos Servidores da Agência Nacional de Mineração (ASANM), Eduardo Alvaro Neto e Kleber Bolivar Meneghel Vargas, para falarem sobre a equiparação salarial da ANM. Ainda, recebeu presencialmente em sua sede a 2ª Vice Presidente do Sinagências e servidora da ANM, Ediléia Soares Pires, para tratarem da Pauta.

PRESIDENTE Cleber Ferreira - 2º VICE-PRESIDENTE Edileia Soares Pires Técnica em recursos minerais (ANM) - DIRETOR FINANCEIRO Wagner da Silva Dias - Durante as reuniões, os representantes da ASANM relataram aos membros da entidade questões internas relacionadas à consequência da falta da equiparação e às problemáticas envolvidas, desde a falta de infraestrutura, com ênfase nas fiscalizações, até o déficit de servidores, que só aumenta com os anos, desde que a lei da Agência foi criada em dezembro de 2017.
A 2ª Vice Presidente do Sinagências, Ediléia Pires Soares, também apreciou o projeto de equiparação elaborado pelo Sinagências que, por ser documento em elaboração, ainda não se encontra disponível para divulgação. O Sinagências já oficiou 2 ministérios e a Casa Civil para discussão da proposta de equiparação.

Há a percepção coletiva pelos membros de que as ações em relação ao pleito da equiparação com as demais Agências precisam ser intensificadas a fim de sensibilizar de todas as formas Governo e Legislativo.

Assim, mobilizações institucionais concretas serão programadas, como o convencimento de setores da imprensa para a divulgação sobre a distorção existente no contexto das carreiras da ANM em relação às demais Agências. Além disso, o relacionamento institucional mais intensificado com parlamentares e governo para a possível feitura de projeto de lei, afim de, efetivamente, iniciar esse debate dentro do parlamento.

Ainda chamar a responsabilidade das ações em relação a este pleito ao máximo de efetivos das Agências e Diretores para que também possam se juntar na defesa da equiparação e na resolução definitiva de um pleito que é justo.

A ANM é a segunda maior base do Sinagências e aos servidores, filiados ou não, a entidade reitera que, desde que houve a transformação de DNPM para ANM, a partir da do veto presidencial que proibiu a equiparação, abrindo essa disparidade, o Sinagências vem buscando espaço e lutando em todas as instâncias de poder para que essa injustiça seja reparada.

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato