fbpx

Sinagências e Anatel tratam demandas dos servidores

ASSEMBLEIA ESTADUAL- SANTA CATARINA
26 de maio de 2017
ASSEMBLEIA DOS SERVIDORES DA ANATEL RJ
26 de maio de 2017

O presidente eleito do Sinagências, Alexnaldo Queiroz, e o secretário-geral adjunto eleito, Fabio Rosa  se reuniram na tarde desta quinta-feira (25), na sede da Anatel em Brasília-DF, com o superintendente de administração e finanças da Anatel, Moisés Gonçalves, o gerente de administração e desenvolvimento de pessoas, Fausto Luiz Jorge Pádua e o assessor, Eduardo Amaral, para discutirem  temas emergenciais de extrema relevância sobre as atividades desempenhadas pelos servidores da Anatel.   Logo no início foi tratada a questão do ponto da Greve do dia 28 de abril. O assessor, Eduardo Amaral informou que irá adaptar o sistema de ponto para possíveis compensações dos servidores que aderiram à greve. Outros temas como o ambiente de trabalho na sede em São Paulo/SP e a questão das fiscalizações na sede do Rio de Janeiro/RJ foram pontos de debate na reunião. 

Foi levada ao conhecimento da superintendência de administração e finanças da Agência, a difícil relação de alguns coordenadores com a equipe. De um lado a ausência de uma melhor capacitação na gestão de pessoas, e do outro uma falta de interação da equipe; o superintendente Moisés Gonçalves disse que a Anatel vem realizando cursos com a Fundação Dom Cabral para os gerentes, e no próximo momento continuará com os coordenadores, igualmente a superintendência aceitou o convite do sindicato para mediar os conflitos de equipes na unidade de São Paulo/SP. Outro ponto tratado foi sobre a proteção da integridade física dos fiscais da Anatel, neste tema, o sindicato apresentou uma proposta  em que os fiscais não sejam identificados no auto de infração e reforçou que este problema ocorre com mais gravidade na unidade do Rio de Janeiro/RJ. 

O gerente de administração e desenvolvimento de pessoas, Fausto Luiz Jorge Pádua, presente na reunião, demonstrou ser favorável a uma proteção dos fiscais da Anatel, seguindo o exemplo de outras Agências.  Na oportunidade, Alexnaldo Queiroz também propôs que a superintendência acompanhasse algumas experiências em Agências como da ANAC na resolução de conflitos entre chefia imediata e os servidores.  Outro tema tratado foi a busca de informações referentes aos descontos antigos do programa HFlex,  no período de 2013 a 2016 do controle de ponto. O Sindicato em negociações anteriores dialogou pela compensação, mas a decisão da Agência não foi favorável.  “O Sinagências aguarda o Ministério do Planejamento sobre a situação e até o momento não obteve resposta, ainda esperamos do órgão uma posição sobre a compensação”, declarou Alexnaldo Queiroz.

O Teletrabalho também foi assunto da reunião, o assessor Eduardo Amaral disse que o tema está em estudo na Anatel, e neste processo pesquisas e experiências sobre o Teletrabalho realizado na Receita Federal estão sendo compartilhadas com a Anatel. Neste contexto, o secretário-geral adjunto eleito, Fabio Rosa abordou sobre as experiências em relação a dispensa de assiduidade que já é uma realidade na Anvisa, os membros ficaram de conhecer a proposta realizada da Anvisa.  

Ao final, o superintendente, Moisés Gonçalves com sua vasta experiência propôs que o sindicato atue na sociedade para fazê-la compreender o papel das Agências Reguladoras para o crescimento econômico e do PIB, no intuito de aprimorar a discussão técnica sobre a regulação brasileira.  A proposta foi prontamente reforçada pelo presidente eleito Alexnaldo Queiroz.  Os diálogos prosseguem e novas reuniões ainda serão marcadas. 

Ascom/Sinagências 

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato