fbpx

PRESIDÊNCIA DA ANATEL SERÁ DEFINIDA LOGO, DIZ RENAN

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), acredita que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva queira dar agilidade ao processo de indicação de diretores das agências reguladoras, inclusive para a presidência da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). "O presidente tem demonstrado nas nossas conversas que está pensando em agilizar não só esse processo (da Anatel) como também os demais", afirmou o senador na assinatura de convênio entre o Ministério das Comunicações e a prefeitura de Maceió para a instalação de 35 telecentros na capital de Alagoas.
 
Desde 3 de novembro do ano passado, quando terminou o mandato de Elifas Gurgel do Amaral, a presidência da Anatel vem sendo ocupada interinamente pelo vice-presidente da Agência, Plínio de Aguiar Júnior. No fim do ano estava praticamente certa a indicação do atual presidente da Fundação Nacional da Saúde (Funasa), Paulo Lustosa, para o comando do órgão regulador, o que acabou não ocorrendo. Ele era indicação do próprio Renan e do senador José Sarney (PMDB-AP). Mas a forte oposição do ministro das Comunicações, Hélio Costa, ao nome de Lustosa freou o processo.
 
Renan procurou desconversar sobre a indicação de Lustosa e disse que a escolha de um diretor para um órgão regulador precisa ser "responsavelmente conduzida" porque é um assunto que diz respeito ao futuro do Brasil. Também estão abertas duas vagas de diretor na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
 
Fonte: Agência Estado
LOGIN