fbpx

PESO DO MOMENTO FEZ MOVIMENTO DEMORAR

Governo recebe Sinagências e formaliza a comissão para discutir a pauta de greve
29 de abril de 2006
GERENTE DA ANVISA ACUSA INTRANSIGÊNCIA
1 de maio de 2006
O presidente do Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Reguladoras Federais (Sinagências), João Maria Medeiros, declarou ontem, em Brasília, que o que fez a greve na Anvisa durar tanto tempo foi o peso do momento. Segundo ele, a agência paralisou a partir de 23 de março, porém servidores de alguns postos estavam, antes dessa data, há mais de 60 dias de braços cruzados.
 
Medeiros acrescentou que o movimento só ficou expressivo quando o Sinagências decidiu entrar em greve em 19 estados. A partir daí, a imprensa passou a dar notícia sobre o que ocorria e o governo os chamou para negociar no dia 30 de março. Medeiros declarou esperar que na próxima semana seja possível avançar no diálogo.
 
Para ele, "se não avançar nada e o governo ficar só brincando com os trabalhadores, aí não vai ter escolha. A greve vai retornar muito mais forte". Ele descartou que o governo e o movimento tenham usado o problema do bloqueio de medicamentos nos portos e aeroportos para sensibilizar a opinião pública, um contra o outro. Mas acredita que há setores interessados nesse tipo de situação. Medeiros garantiu que durante toda a greve, nunca se deixou de liberar produtos de interesse para a saúde da população. (das agências)
 
Fonte: Jornal O POVO

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato