fbpx

NOME DEFINITIVO SERÁ ANUNCIADO ANTES DO FINAL DE SEMANA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO Nº 49 – 6 DE JULHO DE 2006 – ANO II
6 de julho de 2006
ANEEL MULTA CEMAR POR DESCUMPRIMENTO DE TERMO DE AJUSTE E ABRE NOVA FISCALIZAÇÃO
6 de julho de 2006
Quarta-feira, 05 de Julho de 2006, 15h48
Em entrevista coletiva para anunciar os reajustes negativos para a telefonia fixa, o ministro das Comunicações, Hélio Costa, abordou a questão da presidência da Anatel, uma vez que a vacância impediria a aplicação imediata do próprio reajuste. O ministro anunciou que na tarde desta quarta-feira, 5, estaria com a ministra Dilma Roussef para levar um nome definitivo para a presidência da Anatel: "trata-se de um técnico com larga experiência no setor de telecomunicações, indicado por consenso pelo PMDB", disse o Ministro. Hélio Costa adiantou que se a Casa Civil não apresentar nenhuma objeção ao nome indicado, este será encaminhado ao presidente Lula. Uma vez decidido o presidente definitivo, o decreto com o nome do conselheiro Leite como presidente substituto deve ser imediatamente publicado.
 
Bastidores
 
Comenta-se que o nome que Hélio Costa levou para discussão dentro do PMDB não emplacou. Porém, o ministro teria gostado da indicação dos senadores que participaram da reunião, (o ex-presidente Sarney, o atual presidente do Senado, Renan Calheiros, e o senador Ney Suassuna, além do próprio Hélio Costa). Trata-se de uma evolução nas negociações entre o partido e o ministro. Vale lembrar a gigantesca confusão que se estabeleceu na época em que o partido, dividido, insistia na indicação de Paulo Lustrosa, contra a opinião de Hélio Costa, que preferia Domingos Bedran ou Jarbas Valente, ambos já trabalhando na Anatel.
 
O ministro afirmou ainda que o nome indicado não é do quadro atual do Minicom, mas não quis responder se será alguém que já esteja na Anatel.
 

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato