fbpx

Minicom aprova novo horário de funcionamento da Anatel

Conferência: Painel sobre Carreiras da Administração Pública Federal
14 de julho de 2009
Convênio com a academia Dom Bosco disponibiliza vantagens especiais para filiados (DF)
15 de julho de 2009

Por Lúcia Berbert
14 de julho de 2009

O novo horário de funcionamento da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e a consequente alteração da jornada de trabalho dos servidores têm o apoio do ministro das Comunicações Hélio Costa. “Acho que a agência está explorando um ambiente muito moderno de trabalho que pode dar certo”, avalia. Ele promete implantar sistema semelhante no ministério, caso a medida apresente resultados positivos.

Desde o dia 6 deste mês, a Anatel ampliou o horário de funcionamento, que passou a ser das 7h às 20h. Antes era das 8h às 18h, mas parava para o almoço, entre 12h e 14h. Já as jornadas de trabalho continuam com as mesmas 40 horas semanais, mas podem ser cumpridas de acordo com a necessidade do serviço da gerência e o funcionamento do órgão.

De acordo com a portaria da Anatel, a jornada de trabalho será cumprida em turno de sete horas diárias ininterruptas, de segunda a sexta-feira, sendo as cinco horas semanais complementares estabelecidas pelo regime de sobreaviso. Há ainda possibilidades de convocação de servidores para regime de turnos ou escalas. O objetivo das mudanças é de aumentar a produtividade na agência.

– Em todos os países no mundo, as jornadas de trabalho estão sendo reduzidas em benefício principalmente da produtividade. Se trabalha menos tempo, mas se produz mais. E se um trabalhador pode resolver em casa o que, às vezes precisa viajar uma hora de ida e outra de volta para fazer na sede da empresa, o melhor é ficar em casa”, defende Costa.

O ministro disse que a Anatel tem autonomia administrativa para tomar medidas dessa espécie, sem precisar consultar o ministério. Ele não vê prejuízos para a imagem da agência, que vem sendo duramente criticada recentemente! "A agência pode ser criticada em alguns setores, principalmente na fiscalização, mas ninguém pode negar que ela tem funcionários qualificadíssimos, de nível internacional”, completou.

Fonte: TeleSíntese

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato