fbpx

GOVERNO AJUÍZA AÇÃO CONTRA AUMENTO DOS SERVIDORES DO LEGISLATIVO

O Presidente da República, através da AGU, ingressou no STF com Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI nº 3599) contra as leis que aumentaram em 15% a remuneração de servidores da Câmara e do Senado.
 
O aumento somente ocorreu depois de derrubada de veto presidencial que havia proibido o reajuste. O principal fundamento da ação está no argumento de que o reajuste de vencimentos é iniciativa exclusiva do Executivo.
 
Por outro lado, em face da alegada inexistência de recursos, o pagamento do reajuste também está sofrendo ameaça em razão do Legislativo alegar não dispor de verba e o Executivo ter decidido não liberar valores extras para tal finalidade.
 
Fonte: Site Câmara e Site do STF
LOGIN