fbpx

Diretores do Sinagências recebem senador Telmário Mota (PROS/RR) em agenda sobre Reforma Administrativa

LIVE REGULAÇÃO LIVRE recebe o deputado federal, Gonzaga Patriota (PSB/PE) para debater sobre a Reforma Administrativa
5 de outubro de 2021
Reforma administrativa e precarização da posição contramajoritária do servidor
6 de outubro de 2021

O presidente do Sinagências Cleber Ferreira, diretor financeiro Wagner Dias  e diretor jurídico Luis Gustavo Cugler receberam na manhã desta terça-feira (05/10), na sede do Sinagências  em Brasília, o senador Telmário Mota (PROS/RR) para uma agenda sobre a Reforma Administrativa. O parlamentar é líder do Bloco Parlamentar da Resistência Democrática no Senado Federal.

Durante o encontro, os membros do Sinagências  fizeram críticas ao texto substitutivo da PEC 32/2020 do relator Arthur Maia (DEM/BA), que foi aprovado na comissão especial e tem previsão de ser levado ao plenário da Câmara ainda este mês. Demonstraram os retrocessos que estão na proposta e detalharam a importância que terá o Senado ao reverter a PEC da maneira como chegará da Câmara.

A entidade é contra o texto e defende que a PEC 32/2020 está distante de uma real Reforma Administrativa como um Estado moderno precisa e neste sentido defende que a segregação das áreas meio e fim são inadmissíveis e tem conversado com parlamentares no Senado pela defesa da supressão dessa restrição, no artigo 247.

Os membros da entidade também entendem que a proposta deve englobar todos os poderes, e também alcançar a defesa de interesses da sociedade como a inclusão do Legislativo e Judiciário, posto que as pessoas esperam que se acabe com os privilégios e inequidades existentes nestes poderes.

Defenderam também propostas como a tabela única para todas as carreiras típicas de estado  a defesa da estabilidade  de servidores  e que os cargos comissionados nas Agências sejam funções de confiança, exclusivos de quadros de servidores, posto que hoje nas Agências  são de  livre nomeação  e esta situação não se adequa as atividades que são realizadas pelas Agências.

O senador Temário Mota se colocou à disposição dos membros do Sinagências e declarou apoio as correções destas distorções caso cheguem ao texto que irá para o Senado. Também coaduna com o pensamento de que o texto não traz avanços para a sociedade como se esperava.

Por fim, os membros do Sinagências agradeceram a agenda, as apresentações institucionais sendo est e o primeiro de outros  encontros que brevemente ocorrerão durante a tramitação da proposta no Congresso Nacional.

 

Fonte: Ascom/Sinagências

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp chat