fbpx

Diretor da ANVISA, Daniel Meirelles recebe membros do Sinagências em agenda sobre PAF’s

O diretor da quinta-diretoria da ANVISA, Daniel Meirelles Fernandes Pereira recebeu na tarde desta segunda-feira (19/09), na sede da Agência em Brasília, os diretores do Sinagências presidente Cleber Ferreira e diretor financeiro Wagner Dias, em agenda institucional para tratar sobre servidores que atuam nas PAF’S e reestruturação das carreiras da regulação entre outros pleitos.

Também participaram da agenda o diretor adjunto, Leandro Rodrigues Pereira e o Gerente-Geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados (GGPAF), Bruno Gonçalves Araújo Rios.

Logo no início do encontro, os membros diretores do Sinagências saudaram o novo diretor que assumiu a quinta diretoria em agosto passado. Após as apresentações institucionais, os diretores da entidade conversaram com Daniel Meirelles sobre pleitos importantes e demandas dos servidores que a entidade tem conversado com toda a diretoria colegiada em agendas institucionais anteriores.

Entre eles, a importância da autonomia técnica das Agências, a defasagem salarial de 30% em relação as carreiras típicas de estado e a necessidade de projetos de lei e fortalecimento na articulação institucional para a regulamentação das carreiras das Agências e a inclusão no Ciclo de Gestão.

Outro assunto colocado ao diretor foi a urgência de concurso público para as coordenadorias de PAF’s e a problemática no decorrer dos anos, desde a sua criação, com a extinção de mais de 1000 cargos e as consequências na fiscalização de vigilância sanitária neste sentido.

Ao final das questões tratadas, o diretor Daniel Meirelles disse que o desafio é grande pela falta de pessoal, mas que está empenhado e estimulado em superar estes desafios, mesmo com o número de fiscais da ANVISA em PAF´s ser menor que o da ANAC por exemplo e ainda em suas atribuições, além dos aeroportos, também portos e fronteiras.

O diretor trouxe em sua fala que sua experiência na diretoria de fiscalização da ANS irá ajudar nessa missão. “Acredito que minha experiência na gestão regulatória me ajudará a superar as dificuldades fazendo o melhor. Além disso a autonomia das agências na solicitação de concursos, embora salutar, pode contar com o apoio das pastas ministeriais para fortalecer os pleitos”, pontuou o diretor, Daniel Meirelles.

O Gerente Geral de PAF, Bruno Rios, alertou para a dificuldade da redução de pessoal com o agravante do quadro efetivo não perceber adicional em plantões noturnos nas PAF’s em função do subsídio.

O Sinagências já estuda formas para resolver o problema.

Ao final, os membros diretores do Sinagências agradeceram a agenda e se colocaram à disposição de ações conjuntas com a quinta-diretoria para melhoria das condições de trabalho nas PAF´s.

Fonte: Ascom/Sinagências

LOGIN