fbpx

Deu na imprensa: Sinagências aponta déficit de pessoal

Sinagências participa de audiência pública em apoio à aprovação da PEC nº 339/09, sobre adicional noturno
28 de maio de 2014
Técnicos do BC param por modernização da carreira
28 de maio de 2014

Os concursos da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) estão entre os mais aguardados, não somente pelos interessados, mas também pelas duas autarquias, já que ambas tentarão suprir a carência de pessoal. Este fato é confirmado pelo diretor de Comunicação do Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (Sinagências), Ricardo Holanda.

“Sem dúvida, há pressa na divulgação dos dois editais, pois tanto a Antaq quanto a Anatel estão com carência em várias áreas, tais como administrativa, de regulação e de fiscalização”, confirma Holanda, revelando ainda que as vagas não serão para aumentar o quadro, mas somente para reposição da força de trabalho. “Infelizmente, o Ministério do Planejamento só tem autorizado concursos para a substituição de servidores que têm saído das agências reguladoras.”

De acordo ainda com o diretor, um relatório feito pela Presidência da República (PR) mostrou que a Anatel tem 1.407 servidores atualmente, enquanto que a Antaq conta somente com 305 concursados. Ricardo Holanda também conta que, em uma estimativa interna feita pelas duas autarquias, o quantitativo necessário até 2018 para a primeira agência seria de 1.858 servidores, enquanto que na segunda o número ideal seria de 470.

Ainda de acordo com Ricardo Holanda, há déficit em todas as unidades regionais das duas agências reguladoras, tanto nas atividades-meio quanto nas finalísticas. “As duas autarquias têm somente 66% do quadro de pessoal permanente preenchido. Esse baixo percentual causa surpresa face ao crescimento de reclamações e exigências da sociedade por mais fiscalização e qualidade na prestação de serviços regulados, tais como os de telefonia e transportes aquaviários”, conclui.

O concurso da Antaq terá oferta de 143 vagas de níveis médio e superior, nos cargos de técnico administrativo (19), técnico em regulação de serviços de transportes aquaviários (55), analista administrativo (17) e especialista em regulação de serviços de transportes aquaviários (52). As remunerações serão de R$5.791,25, R$6.047,25, R$10.916,90 e R$11.776,90, respectivamente, já incluindo o auxílio-alimentação, de R$373.

Já a seleção da Anatel será para 100 oportunidades de níveis médio e superior, nas funções de técnico administrativo (20), técnico em regulação de serviços de telecomunicações (12), analista administrativo (20) e especialista em regulação de serviços de telecomunicações (48). Os ganhos, já inclusos os R$373 de auxílio-alimentação, serão os mesmos da Antaq. O regime de contratação das duas autarquias é o estatutário, com estabilidade empregatícia.

Fonte: Folha Dirigida

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato