fbpx

Clipping ANS (16 a 23/08/2010)

Clipping ANP (16 a 23/08/2010)
24 de agosto de 2010
Clipping Aneel (16 a 23/08/2010)
24 de agosto de 2010

Planos de saúde pagam só 2% das multas originais
-do Correio do Estado
A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar), responsável pelos planos de saúde, não recebe as multas aplicadas contra empresas punidas por irregularidades, como negar cirurgias ou aumentar de forma abusiva as mensalidades.

Justiça do Rio proíbe reajuste abusivo em plano de saúde de idosos
-do G1
Os planos de saúde podem apenas repassar os reajustes gerais autorizados pela Agência Nacional de Saúde (ANS).

Belo Dente é avaliada pela ANS e consegue nota máxima
-do Porto Nacional
Recentemente, a Agência Nacional de Saúde, órgão regulador do mercado de planos de saúde e odontológicos, divulgou o resultado do seu Programa de Qualificação da Saúde Complementar, referente ao ano 2009.

Profissionais de Recursos Humanos precisam avaliar os quesitos de qualidade na contratação dos serviços assistenciais de saúde
-do Portal Nacional
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) reconhece a importância da assistência médica domiciliar tanto que recentemente incorporou a internação domiciliar no novo rol de procedimentos, que entrou em vigor em junho deste ano. Assim o paciente tem a possibilidade de solicitar a internação domiciliar ao plano de saúde.

Bradesco Saúde é a única seguradora a receber nota máxima da ANS
-do Portal Nacional
Bradesco Saúde foi a única seguradora especializada a receber a nota máxima (entre 0,80 e 1,00) na avaliação de desempenho realizada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Procon de Barretos denuncia Unimed à Agência Nacional de Saúde
-do Jornal de Barretos
O Procon de Barretos denunciou a Unimed à Agência Nacional de Saúde (ANS) por omissão nas negociações que têm por objetivo diminuir o tempo de espera dos pacientes conveniados para conseguir agenda com os médicos.

Reclamações de planos de saúde poderão ser feitas direto para ANS
-do Jornal da Globo
À partir de 06 de novembro quem tiver reclamação ou reivindicação, poderá recorrer à Agência Nacional de Saúde, antes de procurar a operadora. No passo seguinte, a ANS notifica a operadora e pede uma resposta em, no máximo, cinco dias.

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato