fbpx

ANEEL PODE REDUZIR CONTAS DE LUZ EM VÁRIOS ESTADOS

ANVISA NOMEIA 280 APROVADOS EM CONCURSO REALIZADO EM 2004 PARA ANALISTA E ESPECIALISTA
12 de março de 2007
CONVITE PARA REUNIÃO COM SERVIDORES DA ANVISA EM SALVADOR
12 de março de 2007
Começou na última terça-feira (06/03) o segundo ciclo da revisão tarifária das distribuidoras de energia elétrica. O conselho diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu o índice provisório de revisão tarifária da Coelce, distribuidora do Ceará, em menos 6,67%. Isto significa que as contas de luz vão ficar mais baratas. Esta é uma tendência que deverá se repetir para todas as empresas durante o processo de revisão tarifária, segundo o diretor da Aneel Edvaldo Santana.
 
"Há uma tendência dos reajustes serem muito baixos ou até negativos", disse.
  
Segundo o diretor, os efeitos do bom desempenho da economia do país, com a redução da taxa de juros e do risco Brasil e o menor custo da energia, por causa da realização dos leilões, vão ter um impacto positivo para os consumidores. Outro fator importante era que o custo de capital era de 11,26% e caiu para 9,48%.
 
Este ano, passarão pela revisão, além da Coelce, as distribuidoras do Pará (Celpa); do Espírito Santo (Escelsa); e quatro São Paulo (Eletropaulo, Elektro, Piratininga e Bandeirante). As revisões tarifárias da Light e da Ampla estão marcadas para 2008.
 
A revisão tarifária da empresa subsitui o reajuste naquele ano em que ela é realizada. No caso da Coelce, ela é no dia 22 de abril. Mas antes disso está marcada uma audiência pública no dia 4 de abril em Fortaleza, para discutir a proposta preliminar da Aneel.
 
Fonte: Pernambuco / Agência O Globo

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato