fbpx

Servidores de agências reguladoras entram em greve

Agências Reguladoras em Greve
30 de junho de 2008
Agenda da primeira semana de Greve – 30/6 a 04/7/2008
1 de julho de 2008

Os funcionários de nível médio e os antigos, que pertenciam a órgãos que deram origem às agências reguladoras federais, entraram em greve hoje por aumento de salários, anunciou o presidente do Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (Sinagências), João Maria Medeiros. As duas categorias representam mais de 50% do total de 5.600 servidores das agências. A paralisação, segundo Medeiros, será mantida até que o governo apresente uma oferta satisfatória.

Está previsto para amanhã ato público no Congresso Nacional, quando os grevistas pedirão a lideranças partidárias que interfiram na negociação junto ao Ministério do Planejamento. Nesta quarta-feira, serão realizadas assembléias em todo o País.

Na semana passada, os funcionários de nível superior aceitaram a proposta do governo de aumento de salários e votaram contra a greve. Com o reajuste, segundo Medeiros, o cargo de especialista no início de carreira sobe de R$ 6 mil para R$ 9,5 mil. O presidente do Sinagências informou que os funcionários antigos querem equiparação salarial. Pela proposta do governo, segundo Medeiros, um funcionário antigo, de nível superior e no fim da carreira, passaria a ganhar R$ 7,1 mil.

Os funcionários de nível médio, por sua vez, pedem a manutenção da proporcionalidade com os funcionários de nível superior. Hoje, um servidor de nível médio ganha 49% do salário do nível superior e, com o reajuste proposto pelo governo, passaria a ganhar 35%. Ou seja, o salário subiria de R$ 3 mil para R$ 3,7 mil, o que não agradou a categoria. "A disparidade ficou muito grande", afirmou Medeiros. A reivindicação inicial era para que os salários dos servidores, tanto de nível superior quanto médio, fossem equiparados aos dos funcionários da Receita Federal e do Banco Central, o que praticamente dobraria os vencimentos.

Fonte: A TARDE On Line / Agência Estado

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato