fbpx

Em entrevista, Sinagências defende reajustes diferenciados para os servidores da Regulação Federal

Designação/ Nomeação servidor ANVISA
30 de dezembro de 2021
Conheça os pontos de destaque da reforma administrativa, emperrada no Congresso
3 de janeiro de 2022

Em entrevista na manhã desta quinta-feira (30/12) à rádio Mais Brasil News 101,7FM, o presidente do Sinagências, Cleber Ferreira defendeu critérios específicos para reajustes diferenciados dos servidores da Regulação Federal

Sem negociações há quatro anos e com desigualdades de percentuais de reajustes no passado, Cleber Ferreira criticou a proposta de reajuste linear para todas as carreiras federais, que deixaria como consequência as carreiras das agências em desvantagem em relação as demais categorias da alta administração federal.

“O Congresso destinou para o fundão e para as emendas parlamentares recursos suficientes que dariam pelo menos para a reposição não linear para aquelas mais prejudicadas, categorias como a dos servidores das Agências e ABIN, entre outras que se encontram sem nenhum tipo de reposição há 5 anos e por isso necessitam ter prioridade”.

Ontem em reunião do Fonacate, o presidente da entidade posicionou essa questão na Assembleia, juntamente com outras categorias que possuem situação semelhante e chamou os membros do Fórum para uma análise sobre esse fato.

A entidade emitiu comunicado e informa que na primeira semana de janeiro serão realizadas Assembleias Extraordinárias virtuais para deliberar sobre a participação dos servidores da Regulação Federal, em conjunto com as demais entidades pertencentes as carreiras típicas de estado, em manifestações.

O cronograma, em construção, será divulgado nos próximos dias, com indicativo de participação de mobilização nacional no dia 18 de janeiro, terça feira, já confirmada no Distrito Federal.

A entrevista completa você pode conferir no link abaixo da programação da rádio, a partir de 28’59’’

Fonte: Ascom/Sinagências

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp chat