fbpx

DILMA ROUSSEFF DIZ QUE PARA PROGRAMA DAR CERTO É PRECISO FORTALECER AGÊNCIAS REGULADORAS

CONVITE PARA REUNIÃO COM SERVIDORES DA ANVISA EM ILHÉUS
13 de março de 2007
ANA LANÇA MATERIAL EDUCATIVO DO PROJETO CAMINHO DAS ÁGUAS
14 de março de 2007
13/03/2007 – 11h25 – PAC
A chefe da Casa Civil, ministra Dilma Rousseff, afirmou há pouco, em audiência pública com o objetivo de discutir o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal, que para que o PAC dê certo, é preciso fortalecer o papel das agências reguladoras, com o objetivo de permitir uma competição próxima da “competição perfeita”, que evite práticas oligopolistas e monopolistas.
 
A ministra também ressaltou que é fundamental aumentar o crédito para investimentos em infra-estrutura, “pois ninguém investe no mundo sem a disponibilidade do capital de terceiros com taxas compatíveis”. Nesse sentido, explicou Dilma Rousseff, é importante também que haja uma adequação e cooperação entre investimentos públicos e privados.
 
Essa cooperação, segundo Dilma Rousseff, é estratégica e está sendo levada em conta na escolha dos projetos, que têm que ser analisados, como explicou, de forma global, “para que haja sinergia entre eles”, observou.
 
Dilma explicou ainda que o PAC, nesta etapa, está sendo norteado em três eixos: infra-estrutura logística, energética e social e urbana. Um quarto eixo – o da infra-estrutura de telecomunicações – está sendo tratado à parte, com o objetivo de levar banda larga a todas as escolas brasileiras.
 

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato