fbpx

A unidade da revolta está nesta frase: Je suis Charlie. Somos um só

Asbac reajusta mensalidade para 2015
6 de janeiro de 2015
Regra sobre pensão também alcança servidor público
9 de janeiro de 2015

O ataque ao jornal francês Charlie Hedbo causou uma onda de solidariedade e indignação por todo o mundo. Milhares de pessoas foram às ruas para homenagear as vítimas e protestar pela liberdade de expressão, sob o lema "Je suis Charlie" ("Eu sou Charlie").

Nesta quinta-feira (8), manifestantes dentro e fora da Europa fizeram um minuto de silêncio em memória às vítimas do ataque à revista Charlie Hebdo. O atentado terrorista matou 12 pessoas e feriu outros 11 profissionais que estavam na sede da revista.

Desde ontem, franceses levam flores e mensagens à porta do prédio em que aconteceu o massacre.

Ao meio-dia de hoje, dezenas de pessoas se reuniram em frente ao Parlamento Europeu para uma homenagem silenciosa. Muitos carregavam a mensagem "Je suis Charlie" (Eu sou Charlie), em apoio à liberdade de expressão.

No Brasil, integrantes da colônia francesa e funcionários do Consulado da França em São Paulo fizeram um minuto de silêncio na região da avenida Paulista, em São Paulo.

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato