PORTARIA Nº 55 – Institui o Regulamento das Eleições para a Ouvidora-geral do Sinagências Gestão 2017-2020

PORTARIA Nº 54 – Altera as Portarias nº 51, nº 52 e nº 53/2017 – Regimento Interno do IV CONSAG.
24 de outubro de 2017
PORTARIA Nº 56 – Código de Conduta dos participantes do IV CONSAG
24 de outubro de 2017

SINAGENCIAS

Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação
Setor Bancário Sul, Quadra 01, Bloco “K”
Edifício Seguradoras, 7º Andar, salas 708 a 713 CEP: 70093-900, Brasília -DF
Telefone: (61) 39625000 , fax: (61) 39625001
www.sinagencias.org.br

 

PORTARIA Nº 55, de 24 de outubro de 2017.

Institui o Regulamento das Eleições para a Ouvidora-geral do Sinagências Gestão 2017-2020.

O PRESIDENTE DO SINDICATO NACIONAL DOS SERVIDORES DAS AGÊNCIAS NACIONAIS DE REGULAÇÃO – SINAGÊNCIAS, no uso das atribuições que lhe confere o art. 12, inciso I, do Estatuto do Sinagências; 

CONSIDERANDO a deliberação da reunião da Diretoria Executiva Nacional, realizada em Brasília no período de 20 e 21 de agosto de 2017 e a Resolução nº 18 de 22/08/2017;

R E S O L V E:

Art. 1º Publicar o Regulamento das Eleições para a Ouvidora-geral do Sinagências Gestão 2017-2020:

Regulamento das Eleições para a Ouvidora-geral do Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (SINAGÊNCIAS) Gestão 2017-2020.

CAPÍTULO I –  DA FINALIDADE

Art. 1º – O presente regulamento destina-se a normatizar as eleições da Ouvidora-geral do SINAGÊNCIAS, nos termos do IV Consag, considerando o Estatuto nos artigos 6º, §1º do artigo 33, §2º do artigo 49 e 51 e considerando a deliberação da reunião da Diretoria Executiva Nacional realizada em Brasília, no período de 20 a 21 de agosto de 2017 e a resolução de número 18 de 22 de agosto de 2017 em seu Art. 2º.

CAPÍTULO II  – DA DATA, HORÁRIO E LOCAL DAS ELEIÇÕES

Art. 2 – As eleições de que trata este Regulamento serão realizadas no dia 29 de outubro de 2017, das 13h30min às 14h30min período destinado no IV Consag para essa finalidade.

CAPÍTULO III –  DOS ELEITORES E ELEGÍVEIS

Art. 3 – Poderão votar na escolha dos membros da Ouvidora-geral todos os filiados que estejam devidamente credenciados como delegados ao referido Consag e presentes na votação.

Art. 4 – Poderão ser votados todos os servidores das agências reguladoras que estejam filiados há pelo menos 3 meses ao SINAGÊNCIAS da publicação desta portaria.

Art. 5º – O servidor, para concorrer ao pleito na qualidade de candidato, deverá, além de atender às exigências do presente Regulamento, solicitar registro de candidatura por chapa, indicando o Ouvidor Titular e o Ouvidor Adjunto, junto à Presidência, presidencia@sinagencias.org.br, nos dias 25 a 28 de outubro de 2017, (a partir das 08h30min até às 18h00min do dia 28), através de requerimento dirigido à Comissão da Eleição.

CAPÍTULO IV – DA VOTAÇÃO

Art. 6 – Caberá à Comissão de Eleição, designada pelo Presidente, a organização e a condução do processo eletivo e apuração dos votos.

Art. 7 – Cada eleitor deverá votar em uma chapa para os cargos de Ouvidor Titular e Ouvidor Adjunto.

Art. 8 – A votação ocorrerá por meio eletrônico definido pela coordenação, caso não seja possível poderá ser feita por escrutínio secreto e por meio de cédula única, fornecida pela Mesa, rubricada pelo Presidente e pelos demais membros da Comissão de Eleição.

CAPÍTULO V – DA APURAÇÃO

Art. 9 – A apuração dos votos será realizada pela Comissão de Eleição, imediatamente após a conclusão da votação.

Art. 10 – Serão anulados todos os votos que não sejam possíveis identificar as chapas, ou números que não estejam vinculados a qualquer chapa.

Art. 11 – A Chapa mais votada será eleita para Ouvidora-geral do SINAGÊNCIAS.

Art. 12 – Havendo empate entre as duas chapas, haverá novas eleições.

Art. 13 – Poderão se inscrever como fiscal na hora da votação, junto à Comissão do Consag através de requerimento verbal dirigido à Comissão de Eleição, o delegado que tenha interesse em acompanhar a votação e o processo de apuração, sendo aceito até o limite de três.

Parágrafo Único – Serão definidos os nomes dos fiscais por ordem de inscrição.

Art. 14 – Fica proibida a presença de outras pessoas, exceto os fiscais, membros da comissão e o Presidente do Sindicato, no local da apuração dos votos.

Art. 15 – Encerrada a apuração dos sufrágios, a Comissão de Eleição proclamará o resultado Eleitoral verbalmente da qual constará o número dos eleitores que compareceram, as irregularidades constatadas, os nomes das chapas votadas e as quantidades de votos por elas obtidas, em ordem crescente.

Parágrafo Único – Após o encerramento do Processo Eletivo, a Comissão de Eleição deverá encaminhar o resultado citado neste artigo ao CONSAG.

CAPÍTULO VI – DA DIVULGAÇÃO DO RESULTADO

Art. 16 – O resultado do Processo Eletivo será divulgado imediatamente sendo homologado pela Diretoria Executiva Nacional e pelo IV Consag.

Parágrafo Único – Do resultado do pleito caberá recurso no prazo de 1 hora, a ser encaminhado ao Presidente do SINAGÊNCIAS que fará o julgamento em igual prazo e em última instância, submeterá ao CONSAG.

CAPÍTULO VII –  DAS DISPOSIÇÕES GERAIS

Art. 17 – Os casos omissos neste Regulamento serão resolvidos pela Comissão de Eleição e em grau de recurso, ao Presidente do Sindicato.

Art. 18 – O presente regulamento será publicado em portaria da Presidência e entrará em vigor a partir de sua publicação.

Art. 2º Esta portaria entra em vigor na data da publicação no sítio eletrônico do Sinagências.

Alexnaldo Queiroz de Jesus
Presidente

 

PORTARIA Nº 55

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *