fbpx

Vigilância Sanitária promove Seminário que discutirá a gripe aviária

“As fronteiras da Vigilância Sanitária no mundo globalizado”. Este é o tema do X Seminário de Direito Sanitário promovido pelo Instituto de Estudos de Direito Sanitário

(IEDS), e que recebe o apoio do Sinagências. O encontro ocorrerá durante os dias 15 e 16 de maio, no Centro Cultural e de Exposições, localizado na Rua Celso Piatti, s/nº, Jaraguá, em Maceió – AL.

O encontro promoverá discussões sobre riscos sanitários envolvidos no caso da gripe aviária, bem como, limitações burocráticas institucionais; implicações jurídicas das ações sobre a liberdade individual e sobre as atividades econômicas; utilização de inteligência institucional na aplicação dos planos de contingência. Além de promover a educação continuada de profissionais da saúde.

Segundo a organização do evento, este tema foi adotado pois “globalmente, a doença já custou bilhões de dólares e levou ao sacrifício de mais de 200 milhões de aves, prejudicando a agricultura, o comércio e oportunidade de crescimento de diversos países; o surto já atingiu 40 nações e, em 10 delas, 151 morreram”.

Poderão participar do encontro, integrantes das instituições relacionadas com a Vigilância Sanitária, Epidemiológica e Ambiental, operadores do Direito e profissionais de Saúde em geral, estudantes de graduação e pós-graduação da área jurídica, da saúde e da agricultura, e demais interessados pela temática central.

A grade da programação do seminário contará com a participação do vice-presidente do Sinagências, José Airamir Padilha, que será o moderador dos debates que ocorrerão no dia 15 de maio, das 16h35 às 17h20.

As pré-inscrições já estão sendo feitas através do site oficial do seminário, www.direitosanitario.org.br. Até o dia 14 de maio, as inscrições custam, respectivamente, R$ 60,00 para profissionais, R$ 45,00 para expositores, e R$ 30,00 para estudantes.

 
 
LOGIN