fbpx
Carteirinha de filiado do Sinagências para os servidores da Anatel/Brasília
28 de julho de 2009
DIAP: não dar importância ao assédio moral é banalizar a violência
31 de julho de 2009

A Influenza A (H1N1) é uma doença respiratória aguda causada por um novo vírus da gripe. Assim como a gripe comum, ela é transmitida de pessoa a pessoa, principalmente por meio de tosse, espirro ou contato com secreções respiratórias de indivíduos infectados.

Os sintomas da gripe A parecem ser semelhantes aos produzidos por gripes comuns, sazonais. Esses sintomas incluem febre, tosse, garganta inflamada, dores pelo corpo, sensação de frio e fadiga. Confira abaixo as diferenças entre os sintomas da gripe comum e a Influenza A (H1N1):

Diferenças entre a Gripe Comum e a Influenza A (H1N1)

O Ministério da Saúde intensificou o monitoramento nos aeroportos para evitar a entrada de pessoas infectadas pelo vírus da gripe, nos vôos procedentes do México e dos Estados Unidos.

De acordo com ministério, quem esteve nas áreas afetadas pelo vírus da gripe A (H1N1), nos últimos dez dias, deve procurar um posto de saúde caso apresente os sintomas da doença. Nos próprios aeroportos, há postos da Anvisa. O Ministério também recomenda alguns cuidados que devem ser tomados para quem for viajar para esses lugares:

– Usar máscaras cirúrgicas descartáveis, durante toda a permanência em áreas afetadas.
– Ao tossir ou espirrar, cobrir o nariz e a boca com um lenço, preferencialmente descartável.
– Evitar locais com aglomeração de pessoas.
– Evitar o contato direto com pessoas doentes.
– Não compartilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal.
– Evitar tocar olhos, nariz ou boca.
– Lavar as mãos frequentemente com sabão e água, especialmente depois de tossir ou espirrar.
– Em caso de adoecimento, procurar assistência médica e informar história de contato com doentes e roteiro de viagens recentes a esses países.
– Não usar medicamentos sem orientação médica.

O tratamento para a gripe A já está disponível no Brasil pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e será oferecido, após avaliação médica, às pessoas que apresentarem quadros graves da doença.

Nos hospitais de referência, existem 900 leitos com isolamento adequado para atender aos casos que necessitem de internação. Todos os outros hospitais estão preparados para receber pacientes com sintomas leves de gripe.

Perguntas e respostas sobre a Gripe A (H1N1)

Fonte: Anvisa

Informações sobre a Influenza A (H1N1)

Informações: Portal Último Segundo e Anvisa

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato