Sinagências começa campanha de filiação e se reúne com servidores em quatro Agências em Brasília

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +
Começando pela ANVISA em duas reuniões no final de abril com os novos servidores, o Sinagências vem cumprindo uma agenda de discussão que objetiva visitar todas as Agências e levar sua mensagem de organização e unificação da luta dos servidores das Agências Reguladoras, divulgando e elegendo representantes à Assembléia Geral Extraordinária do sindicato convocada para 25 de maio (Edital Anexo). As unidades descentralizadas das Agências nos principais Estados, também serão visitadas pela Direção do Sindicato.
Anvisa discute o futuro do Sindicato e as lutas iniciais, que terão de ser travadas de imediato, na defesa dos servidores.
Sinagências se reúne com Aságuas
O Sinagências, representado pelos diretores João Maria, Renato Lima e Geraldo Marques, se reuniu com a Aságuas – Associação dos Servidores da Agência Nacional de Águas, na segunda-feira. O momento foi esclarecedor dos debates do I Encontro dos Servidores das Agências, realizado em dezembro. A Diretoria da Aságuas apontou distorção na informação veiculada no Boletim do Encontro, narrando a posição da Aságuas quanto à fundação do sindicato. “A Aságuas defendeu a criação do Sindicato, para todos (antigos e novos), porém num momento futuro, a partir do ingresso dos novos servidores das demais agências. O Boletim do Encontro narrou que defendíamos o sindicato apenas com os futuros concursados, o que não é verdade.” Posicionou-se o Diretor da Aságuas, Rafael. Em tom conciliador o Presidente do Sinagências, João Maria Medeiros, informou que a interpretação não foi essa, entretanto se foi entendido desta forma, será corrigido (Boletim Anexo). A diretoria da Aságuas ainda questionou se o Sinagências abriria espaço na Mesa de Negociação das Agências para a Associação participar da discussão. O Presidente disse que jamais fechará espaços para as Associações participarem de quaisquer negociações, em se tratando da Base está filiada ao sindicato. Pois, as questões particulares de cada Agência serão detalhadas pelos servidores da própria instituição.
Na Anatel o Sinagências apresentou seus objetivos e contribuiu para uma maior integração entre os antigos e novos concursados da Agência.
Preocupados com o futuro da sua carreira, os Especialistas da ANATEL iniciaram um movimento para se fortalecerem, especificamente, partindo da criação de uma Associação que os representassem em todas as Agências. Esta movimentação já alcançou a ANVISA, onde o Sinagências tem sua maior base, o que provocou uma série de e-mails de Especialistas e Analistas da Vigilância Sanitária cobrando um posicionamento do sindicato acerca desta questão. A Direção do Sinagências definiu que só se pronunciará, oficialmente, após a Assembléia Geral, porém não se furtará ao debate nas reuniões que estão sendo realizadas. Na ANATEL ficou claro a disposição de todos os segmentos se filiarem ao Sindicato, independente da criação ou não de Associações que representem esta ou àquela carreira. Todos concordaram que o Sindicato é uma instância maior e que precisa ser fortalecida.
Alguns questionamentos foram levantados pelos novos servidores da Anatel que foram respondidos pelos representantes do Sinagências, tais como: Qual a posição do sindicato se os Especialistas descolarem, em termos salariais, dos Analistas? Re: Pte Sinagências: Não acredito na possibilidade de crescimento isolado de uma Carreira em detrimento das outras. Acredito no fortalecimento das carreiras que compõem a área de Regulação (todas), mas se acontecer, os especialistas passarão a ser o norte das demais categorias. A Assembléia do Sinagências reorganizará a Diretoria do Sindicato, como nós (Especialistas) somos minoria em relação aos demais, teremos uma menor representação, isto nos preocupa no encaminhamento das nossas demandas. Re: Mesmo respeitando, vejo um equívoco nesse pensamento. Precisamos pensar a Agência como um todo e lembrar de que a ANATEL não começou agora. Há uma história que sem a qual muitos de vocês nem estariam empregados. Portanto não seria inteligente fragmentar nossa força. É natural que as demais categorias, nesse momento, constituam uma maior representatividade no sindicato, pois são mais representativas. No futuro será o inverso. Este é o processo democrático.
Reunião na ANP em Brasília, definiu uma urgente audiência com a Diretoria da Agência, no fortalecimento dos Fiscais do Petróleo, em decorrência do concurso para os novos servidores da Agência. Diretor do Sinagências e servidor da ANP, Washington expôs a situação da categoria para o Pte. do Sindicato, da forma que na reunião anterior, 06/05, posicionou o Secretário Geral da entidade, Chico Monteiro.
João Maria falou que a realidade dos servidores da ANP não é diferente das demais agências, com exceção da ANVISA, que teve na ANSEVS a precursora da organização da Vigilância Sanitária e das Agências, todas as demais precisam de emergente recomposição salarial, inclusive para os novos servidores, e que o caminho consiste em nossa organização. “Está filiado e militando em uma entidade de luta, é um investimento que certamente, dará retorno.” Conclui.
Share.

Comentários desabilitados.

Entre em contato