fbpx

Sinagências busca apoio na Câmara dos Deputados para manter horário flexível da Anatel

Brasília, 29 de maio de 2012 – O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (Sinagências) tenta reverter a decisão que anulou os dispositivos da Portaria nº 430/2009, que permitia o Horário Flexível de sete horas ininterruptas para o quadro pessoal da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A Diretoria da entidade se reuniu na semana passada, com os deputados Antônio Reguffe (PDT-DF) e Sebastião Bala Rocha (PDT-AP), para propor medidas corretivas, além de um debate político sobre o assunto.

“Esse tema é sensível, em especial para as mulheres, que tem dupla jornada de trabalho na atenção à família, além de ser um direito conquistado que todos os servidores usufruíam. Os profissionais já estavam com a vida pessoal programada”, considera o presidente do Sinagências, João Maria.

Nei Jobson, diretor jurídico do Sindicato, reforçou na reunião que o secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, defendeu, em mensagem enviada no Dia Mundial da Família, a importância da jornada de trabalho flexível, para que o ser humano possa dar mais atenção à família.

Após a exposição de motivos sobre a necessidade de manutenção do Horário Flexível por parte da Diretoria do Sinagências, Reguffe se mostrou convencido de que a jornada de trabalho de sete horas deve permanecer e comentou que a defesa dos trabalhadores é uma bandeira do seu partido.

Na articulação política do Sinagências no âmbito do Congresso Nacional, Reguffe e os dirigentes do Sindicato procuraram o presidente da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP), Deputado Sebastião Bala Rocha (PDT/AP), que prontamente acatou a sugestão do Sinagências para a realização de uma audiência pública para discutir o fim do horário flexível na Anatel.

O Requerimento nº 156/2012 (clique aqui) será votado na reunião de amanhã, às 10h, na Comissão. A audiência ainda não tem data marcada, mas os servidores da Anatel e das Agências Reguladoras esperam que seja o mais breve possível devido à importância do assunto.

Resultado da reunião

Sinagências na LUTA!

 

LOGIN