fbpx

Sinagências busca apoio na Câmara dos Deputados para manter horário flexível da Anatel

Sinagências integra o Movimento Nacional em Defesa da Saúde Pública
28 de maio de 2012
OAB discute como aprimorar relacionamento com Agências Reguladoras
29 de maio de 2012

Brasília, 29 de maio de 2012 – O Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (Sinagências) tenta reverter a decisão que anulou os dispositivos da Portaria nº 430/2009, que permitia o Horário Flexível de sete horas ininterruptas para o quadro pessoal da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A Diretoria da entidade se reuniu na semana passada, com os deputados Antônio Reguffe (PDT-DF) e Sebastião Bala Rocha (PDT-AP), para propor medidas corretivas, além de um debate político sobre o assunto.

“Esse tema é sensível, em especial para as mulheres, que tem dupla jornada de trabalho na atenção à família, além de ser um direito conquistado que todos os servidores usufruíam. Os profissionais já estavam com a vida pessoal programada”, considera o presidente do Sinagências, João Maria.

Nei Jobson, diretor jurídico do Sindicato, reforçou na reunião que o secretário-geral da Organização das Nações Unidas, Ban Ki-Moon, defendeu, em mensagem enviada no Dia Mundial da Família, a importância da jornada de trabalho flexível, para que o ser humano possa dar mais atenção à família.

Após a exposição de motivos sobre a necessidade de manutenção do Horário Flexível por parte da Diretoria do Sinagências, Reguffe se mostrou convencido de que a jornada de trabalho de sete horas deve permanecer e comentou que a defesa dos trabalhadores é uma bandeira do seu partido.

Na articulação política do Sinagências no âmbito do Congresso Nacional, Reguffe e os dirigentes do Sindicato procuraram o presidente da Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público (CTASP), Deputado Sebastião Bala Rocha (PDT/AP), que prontamente acatou a sugestão do Sinagências para a realização de uma audiência pública para discutir o fim do horário flexível na Anatel.

O Requerimento nº 156/2012 (clique aqui) será votado na reunião de amanhã, às 10h, na Comissão. A audiência ainda não tem data marcada, mas os servidores da Anatel e das Agências Reguladoras esperam que seja o mais breve possível devido à importância do assunto.

Resultado da reunião

Sinagências na LUTA!

 

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato