fbpx

Primeiro dia de mobilização em defesa das novas carreiras das Agências Reguladoras

Entrevista de Ronaldo Sardenberg à Revista Telecom
10 de outubro de 2007
Agências cobram regulamentação
11 de outubro de 2007

Boa quantidade de servidores compareceu à mobilização em defesa da regulamentação da progressão e promoção

Na última quinta-feira, 10 de outubro, às nove horas, o Sinagências iniciou a agenda de mobilização em defesa da urgente regulamentação da progressão e promoção das novas carreiras das Agências Reguladoras. O primeiro ato da mobilização foi em frente à sede II da Anvisa. Os servidores foram convocados a saírem de suas salas e se mobilizarem em frente ao prédio, enquanto o presidente do Sinagências, João Maria Medeiros de Oliveira, e os diretores do Sindicato, Geraldo Marques Ferreira Filho, diretor de políticas, e Marília Coelho Cunha, diretora de administração, discursavam.

 
Ato Público em frente da Anvisa, Sede II

Em seguida, por volta das onze horas, o Sinagências se deslocou para a sede da Antaq. O sol forte e o clima seco começaram a aparecer e incomodar, mas nem isso impediu os servidores de comparecer à mobilização.

Após uma pausa para o almoço, os diretores do Sinagências se apresentaram na sede I da Anvisa. Cada vez mais servidores passavam a participar da mobilização. Cerca de duas horas depois, foi a vez de convocar os servidores da Anatel. Já eram quase cinco horas da tarde e os servidores já estavam na frente da agência. Com um sol mais ameno e sob as sombras das árvores, os servidores ouviram os discursos dos diretores que, assim como nas demais agências, terminaram em aplausos.

 
 Ato Público em frente da Anatel

Antes das seis horas da tarde, o primeiro dia de mobilização havia terminado. Todos os servidores foram participativos nas manifestações.

O Sinagências continua a jornada pela regulamentação da progressão e promoção. Nos próximos dias teremos dois importantes eventos:
6/10/2007 – terça-feira: – 09:30 às 11h – Concentração, panfletagem e Ato Público frente ao Aeroporto Internacional de Brasília (horário de chegada em Brasília dos parlamentares e autoridades) em defesa do fortalecimento das Agências, dos seus servidores e da imediata publicação do Decreto de regulamentação da promoção e progressão dos servidores integrantes das novas carreiras;
 
17/10/2007 – quarta-feira: – 12:30 às 14h. – Grande concentração e Ato Público frente ao Ministério do Planejamento (MPOG), Bloco "K", Ala Norte da Esplanada dos Ministérios. Comissão entregará documento ao Ministro Paulo Bernardo, exigindo a publicação do Decreto e a correção dos eventuais problemas na sua aplicação. O Ato Público se transformará em Assembléia Geral para discutir e aprovar paralisação dos servidores, a partir de novembro de 2007, caso o Decreto não seja publicado até 31/10/2007.
 
Servidor, compareça! Sua presença é muito importante para que a regulamentação da progressão e promoção seja efetivada.
 
Veja, abaixo, as principais declarações de indignação dos servidores com a não regulamentação da progressão e promoção. Faça a sua também, enviando-a para o e-mail comunicacoes@sinagencias.org.br.
 
Nome:
WILTON DE SERPA MONTEIRO – ANATEL
Cargo Público:
Técnico em Regulação
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 1.811,01
Declaração de Indignação:
Verificamos um grande desprestígio as Agências, desrespeito total ao quadro efetivo das mesmas e concluímos, por toda essa demora e protelação de algo simples, pois desde 2004 que aguardamos essa regulamentação, que nossa luta para transformar em carreira exclusiva de Estado será muito árdua, se alcançável.


Nome:
PAULO ROBERTO RANGEARO PERES – ANVISA
Cargo Público:
Especialista em Regulação
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 3.881,03
Declaração de Indignação:
Especialista em Regulação, nomeado em 15/março/2005, com 30 meses, segundo a planilha, tenho um prejuízo acumulado de R$3.881,03 em 08/outubro/2007 em função da não regulamentação da progressão e promoção.


Nome:
MANOEL LUCIO PEREIRA – ANATEL
Cargo Público:
Técnico em Regulação
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 3.626,64
Declaração de Indignação:
Silêncio não pode mais ser o nosso gesto diante do descaso e do tratamento dispensado a nossa categoria, precisamos externar a nossa indignação. Exigindo prioridade por parte do "governo dos trabalhadores" no tocante a regulamentação da progressão e promoção da nossa carreira funcional.


Nome:
JOSÉ FERNANDO BARBOSA DA SILVA – ANATEL
Cargo Público:
Técnico em Regulação
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 3.613,20
Declaração de Indignação:
É injustificável a desconsideração com o setor regulátorio praticada pelo governo, setor esse que é de grande importância para o país. É preciso valorizar todos que fazem parte deste segmento para que possamos trabalhar com maior afinco.


Nome:
EDUARDO BRAGA DUTRA ROCHA – ANATEL
Cargo Público:
Técnico em Regulação
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 1.811,01
Declaração de Indignação:
Se tu deves um centavo ao governo, serás caçado, terá seus direitos restringidos e pagará com juros. Se o governo te deve, você tem o direito de ficar chateado.


Nome:
FREDERICO MÜLLER HAMEISTER – ANATEL
Cargo Público:
Técnico em Regulação
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 3.626,64
Declaração de Indignação:
Está na hora de colocarem o discurso em prática. A dignidade das agências passa pela justa remuneração dos fiscais. Não adianta realizar concurso sem salários dignos, o resultado é o que vemos, pessoal entra num dia e sai no outro, e pela economia de uns trocados perdemos os melhores concursados que buscam maior remuneração em outras atividades. Não quero esmolas, quero que reconheçam o nosso valor.


Nome:
CAMILA MARTINEZ BURGARDT – ANTT
Cargo Público:
Técnico em Regulação
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 1.551,64
Declaração de Indignação:
Considero um grande descaso da Administração Pública Federal para com seus servidores a não regulamentação da progressão e promoção na carreira funcional. Sou servidora do quadro efetivo da ANTT, nomeada em outubro de 2005 e até hoje aguardo o recebimento do valor mensal que nos é devido por direito.


Nome:
ALEX PIRES DE AZEVEDO – ANATEL
Cargo Público:
Especialista em Regulação
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 1.422,33
Declaração de Indignação:
Eu entrei no serviço público no primeiro concurso da Anatel, no qual passei como Técnico em Regulação. Trabalhei 23 meses como Técnico em Regulação e pedi vacância em função de ter passado no segundo concurso da Anatel para Especialista em Regulação, cargo que ocupo desde então. Segundo a planilha, o governo me deve R$ 1.422,33 em função da não regulamentação da progressão/promoção do tempo em que eu ainda era Técnico em Regulação. O governo está devendo, temos que cobrar!!!


Nome:
NELYSON DIAS DE OLIVEIRA – ANVISA
Cargo Público:
Especialista em Regulação
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 3.881,03
Declaração de Indignação:
O cumprimento da Lei é inerente ao cidadão, mas o governo "esquece" que ele também faz parte da sociedade, e deve dar o primeiro e maior exemplo para cobrar legalidade e o compromisso com taxas e tributos, ou seja, contas a pagar.


Nome:
EDINARDO PASSOS – ANTT
Cargo Público:
Técnico Administrativo
Prejuízo Acumulado (em Reais):
R$ 1.379,23
Declaração de Indignação:
Chega de enrolação! Queremos PROGRESSÃO e PROMOÇÃO. Demonstro, pois, minha indignação. Contra toda essa má gestão. Desse governo do tal "MENSALÃO". Que não respeita a população. Muito menos nos dá atenção. Nem dá bola pra reclamação. O jeito agora: é ir pra manifestação. Vejo vocês lá…


Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato