fbpx
Manifestação na ANAC de São José dos Campos/SP – Ou o governo atende as reivindicações ou estará decretando a Morte da Regulação.
27 de julho de 2012
Ministro da Saúde e Presidente da Anvisa se reúnem com representantes do Comando Nacional de Greve em Brasília
28 de julho de 2012

As entidades sindicais que organizam o movimento articulado e unificado da greve geral das agências reguladoras federais e DNPM – Sinagências, Fenasps, Condsef, CNTSS, CUT, Fórum das Associações verticais das Agências Reguladoras e ANSDNPM – informam que o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), na ausência de uma proposta objetiva quanto às reivindicações dos reguladores federais, remarcou, mais uma vez, a reunião de negociação com a categoria, que estava pré-agendada para hoje, 27/7, para a próxima semana, em data ainda a ser confirmada.

A bancada sindical e o Fórum das Associações verticais reconhecem que o movimento paredista une os trabalhadores e cresce a cada dia, além de considerar que os impactos dessa mobilização começam a aparecer somente agora na economia.

O governo garantiu que não estava se furtando ao diálogo e destacou que não havia consenso quanto ao pleito dos reguladores federais, ressaltando não haver condições políticas para que hoje, 27/7, fosse apresentada uma proposta para a categoria.

As entidades entendem que a ferramenta numa sociedade democrática é o diálogo e a negociação, bem como a finalização de uma proposta concreta é importante para que a próxima reunião avance. Portanto, a Presidente Dilma Rousseff, que está fora do país, precisa reunir o seu governo e negociar com o movimento. É assim que se constitui um Estado soberano e democrático.

Até lá, vamos intensificar o movimento grevista.

     A luta continua!    

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato