fbpx

Ministro da Saúde e Presidente da Anvisa se reúnem com representantes do Comando Nacional de Greve em Brasília

Nota de esclarecimento aos Reguladores Federais
27 de julho de 2012
Ato Público no Aeroporto de Congonhas/SP contou com grande número de servidores
29 de julho de 2012

O Ministro da Saúde, Alexandre Padilha e o Presidente da Anvisa, Dirceu Barbano, se reuniram hoje (27/7) à noite com representantes do Comando Nacional de Greve das Agências Reguladoras e DNPM, em Brasília, para discutir as consequências da Greve na área de Portos, Aeroportos e Fronteiras – PAFs brasileiras.

Na reunião, os sindicalistas rebateram o Decreto Presidencial n° 7.777 que descentraliza as atividades federais para Estados e Municípios, a Portaria n° 1.612 do Ministro de Estado da Saúde e a Rresolução da Diretoria Colegiada – RDC da Anvisa n° 40, ambos no caminho da descentralização temporária no período de greve, considerando a fragilidade das instituições e da segurança nacional nas áreas de PAFs.

João Maria, presidente do Sindicato, detalhou ao Ministro que a greve está dentro da legalidade, que o movimento está mantendo um efetivo superior a trinta por cento e que a greve é resultante da ausência de proposta concreta do Governo à categoria, e que tem crescido especialmente, depois do Decreto presidencial.

Foram detalhados ao Ministro todos os pontos da pauta de negociação, eslcarecido a ausência de Subsídio para o setor, a diferenciação existente entre as Agências Reguladoras e as demais carreiras estratégicas do Estado, além das diferenças internas entre PEC e Carreira, Área Meio e Área Fim.

Ao final, os sindicalistas solicitaram ao Ministro intercessão junto ao MPOG e Presidência da República para que o governo resolva a greve com proposta clara à categoria.

O Ministro Padilha defendeu o Decreto, a Portaria e a Resolução da Anvisa, falou que apenas o estado do Paraná formalizou o convênio, mas que esta iniciativa só será buscada se for extremamente necessária. Comentou que o governo precisa garantir o funcionamento dos portos e o desembaraço de produtos para garantir o funcionamento dos mercados.

No tocante ao processo de negociação, Padilha esclareceu que cabe ao Ministério do Planejamento esta função, mas que conversará com a Ministra Míriam Belchior e com a Presidenta Dilma Rouseff, sobre a situação das Agências, dentre elas a Anvisa, na busca de uma solução para a greve, mas ponderou que o movimento deve também demonstrar sensibilidade com a imagem do país, considerando a economia brasileira no cenário mundial.

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato