fbpx

Conselho Nacional de Saúde aprova Moção de Protesto contra a indicação para diretoria da ANS

Sinagências participa de etapa do Rio de Janeiro da Caravana do SUS
16 de setembro de 2009
Sinagências convida todos os servidores da Anvisa para Palestra
18 de setembro de 2009

O CNS (Conselho Nacional de Saúde) – órgão deliberativo sobre políticas de saúde aprovou no último dia 10 uma Moção de Protesto contra a indicação de Maurício Ceschin para o cargo de diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

Várias entidades como o FNECDC (Fórum Nacional de Entidades Civis de Defesa do Consumidor), o Cebes (Centro Brasileiro de Estudos da Saúde), a Fenam (Federação Nacional dos Médicos), o Idec (Instituto Brasileiro de defesa do consumidor) e outras entidades lançaram nessa semana um manifesto contra a indicação.

O motivo do movimento contrário à indicação de Maurício Ceschin é o fato de que ele ocupava, até recentemente, a presidência executiva do grupo Qualicorp, uma corretora de seguros que comercializa planos e seguros de saúde coletivos das maiores operadoras de planos de saúde do país.

A indicação de Ceschin foi encaminhada pelo governo federal ao Senado Federal, onde será apreciada pela Comissão de Assuntos Sociais.

O Sinagências está atento ao debate que envolve estas questões e já se manifestou em vários momentos sobre esse tema, como na Caravana do SUS, onde está sendo debatida a atual situação do Sistema Único de Saúde do país. O Sindicato reiterou sua posição em contato com o Conselho Nacional de Saúde em defesa do interesse público, a eficácia do sistema nacional de saúde e a transparência nas indicações para estes cargos.

O Sinagências está satisfeito com a posição adotada pelo Conselho Nacional de Saúde e acompanhará a discussão sobre o assunto.

Veja o documento:

MOÇÃO Nº , DE 10 DE setembro de 2009

O Plenário do Conselho Nacional de Saúde, em sua duocentésima primeira Reunião Ordinária, realizada no dia 10 de setembro de 2009, no uso de suas competências regimentais e atribuições conferidas pela Lei nº 8.080, de 19 de setembro de 1990, pela Lei nº 8.142, de 28 de dezembro de 1990 e pelo Decreto nº 5.839, de 11 de julho de 2006, e Considerando que a Agência Nacional de Saúde Suplementar – ANS, tem como missão “promover a defesa do interesse público na assistência suplementar à saúde”

Considerando que a regulação das operadoras de planos de saúde, inclusive suas relações com prestadores e consumidores também compõe a missão da Agência

Considerando a importância de manter a devida transparência e isenção no processo regulatório levado a cabo por essa Agência

Considerando a manifestação de 65 entidades da sociedade civil que protestaram contra a indicação de nome de novo diretor para uma das diretorias da Agência

Vem a público:

Manifestar seu protesto em relação à indicação do nome do Sr. Mauricio Ceschin para o cargo de Diretor de Desenvolvimento Setorial da Agência Nacional de Saúde Suplementar, tendo em vista que até recentemente o mesmo ocupava a presidência executiva de uma corretora de seguros que comercializa planos e seguros de saúde coletivos.

Plenário do Conselho Nacional de Saúde, em sua duocentésima primeira reunião ordinária.

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato