fbpx
EDITAL DE CONVOCAÇÃO: Assembleia Geral Deliberativa do Sinagências no Distrito Federal
16 de setembro de 2013
EDITAL DE CONVOCAÇÃO: Assembleia Geral Deliberativa do Sinagências no Rio Grande do Sul
17 de setembro de 2013

Na manhã do sábado (14), o Secretário Sindical do Sinagências em São Paulo, Anésio Evangelista de Oliveira Filho, participou do Encontro da Região Metropolitana de São Paulo, evento interno do Partido dos Trabalhadores (PT), que ocorreu na Quadra do Sindicato dos Bancários de São Paulo, com o objetivo de fortalecer a pauta do SUBSÍDIO como forma de remuneração no âmbito das carreiras da Regulação Federal.

O convite surgiu durante a audiência com o senador Suplicy. "O senador entendeu que seria um momento importante para a nossa pauta do subsidio, já que diversas autoridades estariam presente", explicou Anésio. "Ele estava certo. Além de Lula, vieram a ministra do Planejamento Miriam Belchior, o líder do governo na Câmara, deputado federal Arlindo Chinaglia, além do senador Suplicy, que foi nosso importante anfitrião", completou o Secretário Sindical do Sinagências em São Paulo.

Em breve encontro no início do evento, o senador Suplicy recebeu da SESIN-SP uma síntese dos pontos mais relevantes sobre o SUBSÍDIO discutidos na reunião do dia anterior e solicitada por Suplicy naquela ocasião, visando a subsidiar as tratativas do tema junto à Casa Civil e ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão.

Aproveitando a presença da Ministra Miriam Belchior no Encontro da Região Metropolitana, o senador tinha a intenção de encaminhar o documento recebido ainda durante o evento. Nele havia feito um despacho em que concluía: "Avalio ser importante que o Governo considere os argumentos apresentados", mostrou o senador no documento que não pôde ser entregue na ocasião por conta de saída antecipada da ministra ainda durante a mesa de abertura.

Suplicy esclareceu, então, que encaminhará o expediente à ministra do Planejamento da mesma forma como fará à ministra-chefe da Casa Civil, via oficio.

Ainda durante o evento, a SESIN-SP iniciou tratativas para uma discussão maior com o Partido dos Trabalhadores sobre SUBSÍDIO nas Agências Reguladoras, a partir do deputado estadual Luiz Marcolino, líder da bancada do PT na Assembleia Legislativa de São Paulo, que se dispôs a viabilizar um encontro para discussão do tema com o Presidente Nacional do PT, o também deputado estadual (SP) Rui Falcão.

Munido de slides, de estudos e da legislação relacionada ao SUBSÍDIO, o Secretário Sindical Anésio Evangelista também conversou com o líder do Governo na Câmara, o deputado federal Arlindo Chinaglia. Após explanação sobre o tema e sobre o contexto atual das negociações com o Governo, foi entregue a Chinaglia os documentos trazidos pela SESIN-SP, os mesmos avaliados durante a audiência com o senador Eduardo Suplicy.

O deputado federal Arlindo Chinaglia se interessou pelo tema e pediu para ficar com o material para fazer uma avaliação detalhada, enquanto será marcada uma audiência para discutir o tema com o Secretário Sindical do Sinagências em São Paulo.

"Foi muito feliz a agenda com o senador Eduardo Suplicy. Já tivemos bons resultados ontem, e hoje estamos tendo grandes desdobramentos na campanha pelo SUBSÍDIO JÁ! Acredito que as intervenções do senador junto às ministras e as audiências que estamos marcando com o líder do Governo na Camara dos Deputados e com o presidente nacional do PT serão muito importantes para que o Governo tome essa decisão política, de baixo impacto orçamentário, mas de enorme relevância para a Regulação Federal", avaliou Anésio .

O Secretario Sindical do Sinagências em São Paulo ressaltou a importância de que todos os dirigentes e filiados procurem mais apoio politico para a implantação do SUBSÍDIO como forma de remuneração nas Agencias Reguladoras: "É cansativo, mas a hora é agora! Estamos aqui numa manhã de sábado, longe de nossas famílias, mas é uma causa muito importante. Vamos procurar os deputados e senadores, líderes partidarios e autoridades da Regulação Federal para que apoiem essa luta que não é apenas dos Reguladores Federais, mas de uma sociedade toda que exige mais qualidade dos serviços regulados. Isso só virá com um fortalecimento da Regulação Federal por meio do SUBSÍDIO. Após a demonstração de todo apoio político e social que temos, o Governo terá que trazer o SUBSÍDIO para a mesa, da mesma forma como conseguimos fazer ano passado", concluiu.

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato