fbpx

Atos Públicos em Congonhas, Santos e Anatel de São Paulo fortalecem o movimento

Nova alteração do Ato Público de hoje, quarta-feira
9 de julho de 2008
Lobão defende agência reguladora para o setor mineral
9 de julho de 2008

Aeroporto de CongonhasOs servidores da Anatel, Anvisa e ANP de São Paulo que estão na greve participaram nessa terça-feira (8/07) de atos públicos no aeroporto de Congonhas, em Santos e em frente ao escritório da Anatel de São Paulo. Os atos foram acompanhados pelo presidente do Sinagências, João Maria, e pelo Diretor de Comunicações, Nei Jobson.

Nessa segunda semana de greve das agências, os Técnicos em Regulação, Administrativos e Quadro Específico vêm intensificando a integração entre os servidores e entre as agências, realizando atos públicos em todo o País.

Esta integração dos servidores fortalece a luta e traz novos adeptos ao movimento. Durante a segunda e terça-feira vários servidores, de vários Estados e diferentes agências, aderiram à greve, o que fortalece nossas forças perante o Governo.

O primeiro ato público em São Paulo foi no aeroporto de Congonhas. Em uma caminhada dentro do aeroporto, os servidores esclareciam à sociedade e panfletavam documentos que explicam as razões que motivaram a greve dos reguladores. Ainda em Congonhas, o Presidente do Sinagências e alguns servidores da Anatel de São Paulo se encontraram com o presidente da Anatel, Embaixador Ronaldo Sardenberg, e seu chefe de gabinete Rodrigo Augusto. Na ocasião o presidente do Sinagências externou ao presidente da Anatel os problemas na comunicação com o Governo e afirmou que o movimento de greve ocorre de forma pacífica, com grande adesão dos técnicos da Anatel e do Quadro Específico, frisando, ainda, que é muito importante a interlocução dos dirigentes das agências junto ao governo para a solução deste conflito. Embaixador Sardenberg informou que já fez vários contatos e continurá se esforçando para garanir um solução para a greve o mais rápido possível.

Depois do ato em Congonhas, os servidores desceram para Santos em ônibus fretado pelo Sinagências. Lá, a concentração se deu na Praça Mauá, onde se integraram ao movimento das agências outros sindicatos de trabalhadores em luta, tais como Correios, bancários, petroleiros, metalúrgicos e servidores municipais, fazendo um grande ato público no centro de Santos, marcado por inúmeros discursos sobre a importância da luta dos trabalhadores.

Em Santos

No ônibus, voltando para São PauloEm seguida, para finalizar a terça-feira de mobilizações em São Paulo, os servidores voltaram para a capital paulista para realizar um ato público em frente ao escritório da Anatel. Realizado no final da tarde, o ato na Anatel chamou a atenção da comunidade local e motivou a participação de outros servidores que estão fora da greve.

Nos discursos, o presidente do Sinagências reafirmou as garantias dos servidores, mesmo em estágio probatório, de exercer o seu direito de greve. Informou ainda que na Anatel a adesão dos Técnicos em Regulação e Administrativos já superam os 50% do total desses segmentos, só nos últimos dois dias os escritórios da Anatel de Minas Gerais, Tocantins, Sergipe e do Distrito Federal, que ainda não estavam no movimento, aderiram. Na Anvisa, o impacto econômico na área de portos já supera os 180 navios pendentes de liberação para operação.

Em todas as conversas com a sociedade o Sinagências deixou claro que a intenção dos trabalhadores jamais é prejudicar a comunidade ou o setor econômico do País, mas, se para os servidores esta é a única forma de defender seus direitos, não nos resta outra escolha.

Na Anatel de São Paulo

Em síntese, nesse início de segunda semana de greve o movimento ganhou força, com novas adesões e está conquistando a simpatia da sociedade e do setor regulado, que reconhecem a importância das Agências Reguladoras e dos seus servidores para o desenvolvimento do País.

Na Anatel de São Paulo

Comando de Greve, envie mensagem para: greve@sinagencias.org.br

Sinagências, o Sindicato de todos!
Contribua para o futuro da categoria, clique aqui e filie-se ao Sinagências

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato