Diretor-Presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres recebe Sinagências

Anvisa autoriza exportação de cloroquina e azitromicina, a RDC 352/2020 tem validade de 180 dias
27 de março de 2020
EDITAL DE N° 002/2020 DA DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL DO TRIÊNIO 2017/2020.
1 de abril de 2020

O diretor presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), Antônio Barra  Torres recebeu na sexta-feira (27), na sede da Agência, em Brasília, o presidente do Sinagências, Alexnaldo Queiroz de Jesus, o então Diretor Fernando Mendes Garcia, igualmente, esteve presente na reunião.  Na pauta de assuntos tratados: o teletrabalho dos servidores da Anvisa, o uso de equipamentos de proteção individual (EPI) para servidores que estão trabalhando e a informação se algum servidor que está trabalhando nas PAFs (Portos, Aeroportos e Fronteiras) foi contaminado com o COVID-19.

Em relação ao teletrabalho na Anvisa, o diretor-presidente disse que por decisão conjunta da diretoria colegiada da Anvisa (DICOL) houve a definição de descentralizar as decisões relacionadas ao teletrabalho e assim  cada gerente da Anvisa é responsável por definir quais servidores de sua unidade estarão em teletrabalho e quais servidores trabalham presencialmente neste período de quarentena.  Na fiscalização, o diretor Fernando Mendes Garcia Neto determinou que todos os servidores da área atuem no teletrabalho e as inspeções nacionais e internacionais estão ocorrendo de forma remota durante este período.

Em relação aos equipamentos de proteção individual (EPI’s), o diretor Antonio Barra Torres destacou que  até o momento não há nenhuma informação oficial de que haja falta destes equipamentos para uso dos servidores que deles necessitam, mas que cada coordenação deve monitorar a necessidade e previamente oficiar a agência para o envio de equipamentos. Ainda foi esclarecido na reunião que nenhum servidor da Agência que trabalha nas PAFs está infectado com o CODIV-19 e que todos os suspeitos, 04 servidores, deram negativo para o teste.

O diretor presidente, Antônio Barra elogiou os servidores da agência referendando seu alto nível técnico e eficiência.  Ainda comentou que os servidores estão 100% envolvidos no enfrentamento de qualquer risco à saúde do povo brasileiro.

Para o presidente da entidade, Alexnaldo Queiroz de Jesus, a reunião foi positiva, o Diretor-Presidente demonstrou comando técnico e de gestão sobre os diversos problemas que a Anvisa vem enfrentando: “Este é o momento de unidade de objetivos, o objetivo do governo e dos servidores devem estar voltados para o povo brasileiro, a categoria da regulação, neste momento difícil que o país atravessa, demonstra seu sacrifício e com toda convicção, temos a certeza que dias melhores já estão vindo para o povo brasileiro, nada nos resistirá”.

Fonte: Ascom/Sinagências

 

Os comentários estão encerrados.