sexta-feira, fevereiro 15

Condições insalubres do PFA Novo Rio obtém melhorias após intermediação do Sindicato com a ANTT

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O Posto de Fiscalização do Terminal Rodoviário Novo Rio (PFA-Novo Rio), da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) passou a contar desde o fim de janeiro (28) com três novos aparelhos de ar condicionados melhorando as condições de refrigeração em suas instalações. A solução desta questão para o ambiente de trabalho foi intermediada e monitorada pelo Sinagências, em todo seu processo de interlocução com a Agência.

As condições de insalubridade no PFA Novo Rio foi denunciada por filiados e servidores ao Sinagências. A situação vinha ocorrendo há um certo tempo e se agravou mais ainda no período do verão onde a capital carioca chega a registrar temperaturas altíssimas compatíveis com as famosas capitais mais quentes do país como, Palmas e Cuiabá.

Assim, em 22 de janeiro, o Sindicato enviou ofício a ANTT descrevendo as atuais condições de infraestrutura a partir dos relatos dos fiscais que atuam no posto e destacou no texto do documento a defesa da integridade física do servidor, a possibilidade de tal situação causar doenças profissionais/ocupacionais, entre outros.

Uma questão levantada no ofício também foi sobre as consequências para os usuários do transporte rodoviário caso o posto fiscal tivesse que ser fechado por um problema que poderia ser resolvido com celeridade.

No terminal operam 42 empresas de ônibus, com 219 linhas (entre 48/intermunicipais; 165/interestaduais; 6/internacionais) recebendo mais um 1 milhão de passageiros por mês.

Por fim, esta entidade destaca que a resolução desta situação é fruto da relação institucional direta com o servidor e foco na solução de suas demandas, bem como na abertura da Agência para a solução rápida desta questão.

 

créditos das fotos: Nosso filiado e servidor do PFA-Rio, Carlos Marques

Abaixo os respectivos ofícios.
OFÍCIO SINAGÊNCIAS  
OFÍCIO RESPOSTA DA  ANTT 

Fonte: Ascom/Sinagências

 

 

Share.

Comentários desabilitados.