fbpx

Sinagências oficia a ANS sobre critérios de nomeação e possível situação de nepotismo cruzado

EDITAL DE N° 005/2020 DA DIRETORIA EXECUTIVA NACIONAL DO TRIÊNIO 2017/2020
21 de julho de 2020
REGULAÇÃO LIVRE – Deputado Federal Carlos Jordy (PSL.RJ) participa de debate sobre o “Projeto Arca e a reestruturação das carreiras”
21 de julho de 2020

O Sinagências oficiou nesta segunda-feira (20.07), o diretor presidente substituto da ANS, Rogério Scarabel Barbosa, a respeito dos critérios para a nomeação de cargos gerenciais na Agência e o afastamento da possibilidade de existência de suposto nepotismo cruzado.

A motivação, após conversas e atendendo à demanda dos servidores e filiados do Sinagências nas redes sociais se deu pelo conhecimento  divulgado na imprensa da autorização, pela Casa Civil, de Isabela Braga Netto, filha do atual ministro da Casa Civil, Walter Souza Braga Netto, para um cargo de gerente na Diretoria de Desenvolvimento Setorial (DIDES/ANS).

No documento, a entidade reitera a defesa da autonomia técnica das Agências e a necessidade de  observação de requisitos como a  titulação acadêmica, experiência profissional prévia e ausência de conflito de interesses quando da nomeação de agentes externos as carreiras da regulação.

A entidade destaca no ofício a possibilidade da ocorrência de nepotismo cruzado. A Agência confirmou a participação do diretor adjunto da DIDES/ANS, Sr. Daniel Meirelles Fernandes Pereira, no encaminhamento do pedido de autorização à Casa Civil. Daniel Pereira é o irmão de Thiago Meirelles Fernandes, servidor da ANAC, também recentemente nomeado pelo  ministro da Casa Civil para o cargo de Secretário-Executivo adjunto da Casa Civil.

Por fim, o Sinagências solicita que a ANS disponibilize o currículo da indicada ao cargo de gerente na autarquia, assim como alerta para a necessidade de se afastar a possibilidade da ocorrência da prática conhecida como “nepotismo cruzado” em função das relações familiares existentes. Ainda expressa seu desejo e recomendação para que a Agência adote como critério para a ocupação de cargos as melhores práticas preconizadas pela administração pública quando da indicação para ocupação de cargos de livre nomeação. O Sinagências seguirá acompanhando esta questão.

O ofício já recebido pela ANS  você pode  ACESSAR AQUI 

Fonte: Ascom.Sinagências

Os comentários estão encerrados.

LOGIN
WhatsApp Entre em contato