segunda-feira, outubro 22

Sinagências parabeniza os técnicos administrativos que tomaram posse hoje na Anvisa

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA deu posse nesta terça-feira, 02 de janeiro de 2018, às 9h, no auditório da Agência, aos 78 aprovados e nomeados  no cargo de Técnico Administrativo pertencentes ao Quadro de Pessoal efetivo do órgão e que serão lotados na sua sede, em Brasília/DF.

Foi divulgada também a relação dos 72 empregados terceirizados que foram exonerados, cujos postos de trabalho foram extintos em função do provimento dos 78 aprovados na seleção – veja as portarias.  A autorização para nomeação dos aprovados saiu em novembro de 2017.

O Sinagências parabeniza  todos os novos técnicos  administrativos que foram aprovados no concurso e  que tomaram posse na manhã desta terça-feira. A seleção registrou mais de 60 mil inscritos. e a validade do concurso, que é de dois anos, vai até 9 de março de 2019, podendo ainda ser prorrogado por mais dois anos.

A entidade entende ainda que com mais servidores do quadro efetivo,  quem ganha é a sociedade brasileira que contará com mais eficiência colaborativa na prestação de serviços do âmbito da Anvisa. No ensejo, a gestão unidade na regulação também convida os novos servidores a conhecerem o Sindicato  e se coloca à disposição dos novos membros da Agência.

O QUE FAZ UM TÉCNICO ADMINISTRATIVO : Os Técnicos irão exercer  atividades administrativas e logísticas de nível intermediário, relativas ao exercício das competências constitucionais e legais a cargo da ANVISA; além de implementar e executar planos, programas e projetos relativos às atividades de regulação; subsidiar e apoiar tecnicamente as atividades de normatização e regulação; subsidiar a formulação de planos, programas e projetos relativos às atividades inerentes à ANVISA. Um trabalho de grande importância e que exige muita responsabilidade já que trabalhará para o órgão que analisa e aprova o registro de medicamentos e outros produtos que poderão ser comercializados no Brasil.

Fonte: Com/Ascom.Sinagências

 

Share.

Comentários desabilitados.