domingo, outubro 21

ANTT participa da Operação Muralha

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A Receita Federal realiza em Foz do Iguaçu/PR a Operação Muralha, com o objetivo conter crimes de fronteira, como contrabando, tráfico de drogas, medicamentos, armas e munições. A operação acontece na barreira de pedágio na cidade de São Miguel do Iguaçu – PR e segue com a colaboração da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Exército, entre outros.

Esta atuação tem a finalidade de prevenir, controlar, fiscalizar e repreender crimes de fronteira e, para efetivar esta iniciativa, a ANTT concedeu uma esquipe especializada para participar da operação. Entre os servidores que estão atuando presencialmente na operação, está o Técnico em Regulação do estado de São Paulo, Glauco Blangis, que reside no Núcleo de Ações Táticas da ANTT. Segundo Blangis, “a medida tem sido bastante efetiva. Dentro do escopo da atuação, o resultado claro é que os ônibus clandestinos utilizados para os crimes descritos já têm evitado utilizar esta rota”.

A Agência Nacional de Transportes Terrestres faz sua segunda participação na operação e também contribuiu com o planejamento integral da ação. “Como é possível notar, esse tipo de fiscalização é de alta complexidade e também periculosidade, pois nossos objetos de fiscalização são utilizados para o cometimento de crimes”, informou o Técnico em Regulação.

Pensando em atuações como essa da ANTT, o Sindicato Nacional dos Servidores das Agências Nacionais de Regulação (Sinagências) deliberou na última reunião da Diretoria Executiva Nacional a realização de um Encontro Nacional de Fiscalização, que acontecerá em setembro de 2018, tendo a finalidade de refletir sobre o setor de fiscalização nas 11 Agências Reguladoras, possibilitando a troca de experiências dos servidores nesta área, as dificuldades e as particularidades da fiscalização.

Mais informações sobre o Encontro Nacional de Fiscalização e sobre as inscrições para o evento serão divulgadas em breve pelo Sinagências.

Fonte: Ascom/ Sinagências

Share.

Comentários desabilitados.