sexta-feira, novembro 17

Presidente e Secretário Geral do Sinagências visitam o Ministro da Defesa: Jaques Wagner

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Por  Alexnaldo Queiroz de Jesus*

Presidente e o SG do Sinagências em audiência com o Ministro da Defesa, Jaques Wagner.
Presidente e o Secretário Geral do Sinagências em audiência com o Ministro da Defesa, Jaques Wagner.

 

Servidores,

Inicio com um trecho de outro livro do Milan Kundera “A Ignorância” pagina 13:
“… Todas as previsões se enganam, é uma das poucas certezas que foram dadas ao homem, mas se erram em relação ao futuro, dizem a verdade sobre quem as formula, são a melhor chave para compreender como viveram no seu tempo…”.

Igualmente na visita com o Ministro da Defesa a tônica do discurso realizado pelo Presidente João Maria e por mim pode ser resumida em uma única expressão: RECONHECIMENTO!

A carreira da Regulação deseja o RECONHECIMENTO das suas atividades típicas de Estado com a forma de remuneração por SUBSÍDIO, equiparação com as demais carreiras de Estado e equiparações internas. Semelhantemente, o RECONHECIMENTO do DNPM como Agência Reguladora.

O Ministro Jaques Wagner ao nos receber demonstra que o governo sabe da força da categoria e que seu principal instrumento é o SINAGÊNCIAS! 

 

Em face do gesto atual da Marinha do Brasil de resgatar refugiados em alto mar, o Sinagências reforça um lema dos fuzileiros que foi internalizado no Sindicato: “O Sina não deixa ninguém para trás”.    

 

Não tem retórica de pacto pelo Subsídio e nem elogio pra quem defende, TODOS DEFENDEM! 

 

Brasília-DF, 09 de setembro de 2015.

 

*Alexnaldo Queiroz de Jesus, Secretário Geral do Sinagências, servidor público federal, cargo de Especialista em Regulação, lotado na Ancine, Advogado há 12 anos, atualmente inscrito na OAB/RJ nº 151.829, ex Advogado da  Petrobras concursado, com atuação junto aos órgãos de controle (TCU, CGU, MP e Congresso Nacional), Professor licenciado de Direito Constitucional e Administrativo, ex assessor parlamentar da Câmara Municipal de Salvador e da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia, Ex dirigente do Movimento Estudantil Baiano no final dos anos 90  e inicio dos anos 2000, um dos lideres do grupo “Declare Guerra a quem finge te amar” das grandes manifestações na Bahia contra a violação do painel eletrônico no Senado em 2001 que gerou as renuncias dos Senadores ACM e Arruda. 

Share.

Sobre o autor

Comentários desabilitados.